Endodontia é o ramo da Odontologia responsável pelo diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças e injúrias da polpa dentária (parte viva localizada na região mais interna do dente) e dos tecidos perirradiculares (tecidos que circundam a raiz dentária).

O tratamento endodôntico, mais conhecido como tratamento de canal, está indicado nos casos em que o dente foi acometido por uma cárie e esta progrediu até atingir os tecidos da polpa dentária, causando inflamação ou até mesmo a morte desses tecidos. Também é indicado nos casos de fraturas ou traumas dentários que envolvem o tecido pulpar, lesões endo-periodontais (quando envolve tanto o tecido pulpar quanto os tecidos próximos ao dente), por necessidade protética e outras doenças que envolvem o tecido da polpa dentária.

É de extrema importância que seja realizado o tratamento de canal quando há indicação, visto que muitas vezes está ocorrendo um processo infeccioso no interior do dente que, se não tratado, pode culminar com a formação de um abcesso periapical (acúmulo de pus próximo á raiz do dente) que pode progredir levando á perda óssea e até á perda do dente. Além disso, o não tratamento pode gerar dor intensa, edema (inchaço), febre, bacteremia (disseminação de bactérias na corrente sanguínea) e infecções á distância nas articulações, febre reumática, etc.

Curta no Facebook

Últimas Notícias