A restauração de resina é indicada em casos de desgastes, lesões de cárie e danos nos dentes, de modo a reparar sua aparência e, especialmente, seu desempenho funcional. Dentre os principais benefícios da restauração de resina, portanto, além da recomposição da estrutura do dente, é o resultado estético. 

Ainda que esse seja um procedimento muito frequente no consultório, acompanhe o artigo para tirar suas dúvidas quanto ao procedimento.

Ah! E se você possui aquelas restaurações antigas, de cor escura, feitas de amálgama e deseja saber se é indicado trocá-la, fica aqui que eu também respondo a essa pergunta. 

Para que serve a restauração de resina?

Ter os dentes afetados e danificados é um problema que muita gente já passou ou pode enfrentar um dia na vida, mesmo levando uma prática de higiene bucal responsável e cuidadosa. Seja por uma cárie dentária, pequenos danos, fraturas acidentais ou até mesmo pelo desgaste natural dos dentes.

Na maioria desses casos, a restauração de resina pode ser um dos tratamentos mais eficazes. A técnica serve para recompor tanto a estrutura que foi comprometida como a aparência dos seus dentes. Além disso, o material protege a dentina e a polpa do dente evitando que o paciente tenha sensibilidade nos dentes.

Ressalta-se, no entanto, a necessidade de um diagnóstico preciso do seu dentista. Em casos específicos, a depender da gravidade do dano provocado pela cárie, o paciente pode ser indicado para outras intervenções, incluindo o tratamento de canal, por exemplo.

Saiba aqui em que casos o tratamento de canal é mais indicado para tratar cáries.

Como é feita a restauração de resina?

O primeiro passo para fazer uma restauração de resina é retirar a parte do dente que está danificada, em casos de lesões de cárie. Em seguida, o dentista faz o preparo da cavidade que precisa ser extremamente criterioso. Isso é necessário para que a resina possa ser colocada na cavidade e tenha ótima adesão.

Depois do procedimento de remoção do dano, preparo e limpeza local, a cavidade é selada com a resina. O material passa por um processo de fotopolimerização, ou seja, torna-se rígido e fixa na parte interna do dente. Para finalizar, o dentista realiza o polimento do material, após remover os excessos. Essa etapa é importante para que a restauração possa ter a aparência da estrutura natural do dente e fique liso o suficiente para permitir uma boa higienização.

Quanto tempo dura uma restauração de resina?

O tempo de vida de uma restauração vai depender muito do material que o seu dentista for utilizar no procedimento. Entre os mais usados estão a de resina, porcelana e metálicas. A restauração de resina, portanto, costuma durar entre 5 e 6 anos — tempo que varia  e pode ser maior conforme a higiene bucal do paciente e qualidade da resina utilizada..

Tenho restauração de amálgama. Devo trocar para resina?

Há alguns anos, o material mais usado era a amálgama, uma liga metálica formada pela reação do mercúrio com um outro metal. Praticamente todos os metais formam amálgamas com mercúrio, sendo exceções o ferro e a platina. Para que a restauração de amálgama fosse bem sucedida, o dentista precisava desgastar muito o dente para fixar o material na cavidade. 

Esse material é extremamente resistente e pode durar cerca 10, 20 e até 30 anos. Em contrapartida, o amálgama prejudica a estética do dente por ser uma massa escura e cinza e, ao longo dos anos, vai manchando o dente, deixando-o mais acinzentado. Além disso, por ser um composto de metais pesados (mercúrio, prata, estanho), seu uso foi sendo abolido ao longo dos anos .

Por esses motivos, atualmente o material mais utilizado é a restauração em resina — por ter boa adesão mesmo em cavidades pequenas, não desgastar tanto os dentes, ter boa estética e não ser tóxica ao organismo.

Se você possui uma restauração de amálgama, no entanto, a troca do material pode ser avaliada por meio de exame de radiografia para que o dentista identifique qual a profundidade da sua restauração e veja a necessidade de substitui-la. Em alguns casos, o material está muito próximo do canal (polpa dentária) e o procedimento pode ser delicado.

Lembrando que as restaurações recuperam a estética do dente, mas seu objetivo principal é devolver a plena função e estrutura do dente. Sendo assim, o dentista avaliará se a troca é benéfica ou não para a saúde bucal do paciente.

Marque sua consulta!

Precisa de uma restauração ou deseja trocar a restauração de amálgama? Agende agora mesmo uma consulta na Clínica Ianara Pinho. A clínica fica localizada no Distrito Federal e conta com um centro de radiologia integrada atendendo a praticamente todos os tipos de exames e tratamentos. Todos os procedimentos são feitos na clínica, sem a necessidades que você precise ir a outros espaços.

AGENDAR CONSULTA!


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais