No atual cenário, com a pandemia do novo coronavírus Sars-CoV-2, precisamos, mais do que nunca, tomar os devidos cuidados a fim de reduzir o contágio e nos prevenir do Coronavírus.

Os cuidados com a saúde bucal são extremamente importantes, não só para evitar cáries e doenças periodontais — que afetam a gengiva e a sustentação dos dentes —, como também para prevenir o aparecimento dessa e de várias outras doenças causadas por microrganismos.

Sabe-se que a boca é porta de entrada para bactérias, vírus, fungos que chegam por meio das mãos, da alimentação ou pelo ar. Como torná-la um ambiente menos favorável para a proliferação de doenças e prevenir o Coronavírus? Acompanhe!

1 – Evite levar as mãos à boca para evitar a proliferação do Coronavírus e outras doenças

Nesse período de pandemia por Coronavírus, uma das principais recomendações médicas é evitar ao máximo levar a mão ao rosto e, principalmente, à boca. 

Constantemente, as nossas mãos entram em contato com objetos, superfícies e pessoas, que podem estar contaminados pelo vírus. Dessa forma, ao tocar sua boca, olhos e nariz, você tem chances de se expor a ele e de, consequentemente, se contaminar. 

Além disso, é necessário lavar as mãos com água e sabão sempre que puder, principalmente quando voltar da rua. E se estiver fora de casa, esteja sempre com álcool em gel 70% para higienizar as mãos quando precisar tocar em objetos e pessoas.

Essas são algumas medidas preventivas para evitar a contaminação pelo Coronavírus e demais microrganismos por meio das mãos. 

2 – Tenha uma escovação correta e use fio dental

Além da cárie, outras doenças podem surgir provenientes de uma escovação inadequada e da falta do uso do fio dental.

É indicado escovar os dentes de forma correta e  fazer o uso do fio dental – peça ao seu dentista para te auxiliar quanto a maneira correta de realizar essas ações – após todas as refeições. 

Desse modo, não se forma um ambiente favorável para a proliferação de tantos microrganismos que podem transmitir diversas doenças.

3 – Troque de escova de dentes após ficar doente

Esse é um outro ponto muito importante e que poucas pessoas sabem. 

Após uma infecção de garganta, gripe ou resfriado você deve trocar a sua escova de dentes! Os vírus, bactérias ou fungos presentes na saliva que te causaram a doença podem se alojar na escova e causar uma reinfecção após a sua melhora. 

Além disso, continuar usando a mesma escova com esses germes alojados favorece a propagação deles para outras escovas ou para superfície onde se encontra, podendo contaminar outras pessoas com as quais tiverem contato.

Por essas razões, essa é uma medida preventiva extremamente importante! 

Vale lembrar, também, que é indicado manter a escova sempre guardada em um compartimento fechado ou com alguma proteção em cima. Desta forma,  evita-se contato com outras escovas e com microrganismos presentes no ar.

Se não houver caso de doenças, o recomendado é trocar a escova de dente, em média, a cada 2 ou 3 meses. Caso ocorra desgaste ou danificação das cerdas antes desse período, as escovas também devem ser trocadas. 

4 – Vá ao dentista periodicamente

No período de isolamento social que estamos, sabe-se que essa medida é recomendada apenas em casos emergenciais, tornando os cuidados caseiros com a saúde bucal ainda mais importante. 

Mas, em dias normais, é recomendado fazer a visita ao dentista regularmente. O mais indicado é realizar consultas semestrais, porém, em casos de pacientes com doença periodontal ativa ou crianças em controle de cárie, o período deve ser de 4 em 4 meses ou até menos.

Não espere sentir alguma dor ou desconforto para procurar o dentista! Esteja sempre em dia com as suas consultas para avaliar e higienizar os dentes e, dessa forma, prevenir doenças.

5 –  #Fique em casa em tempos de Coronavírus

Pelas informações que estão sendo amplamente divulgadas, já sabemos que a forma de transmissão do Coronavírus é pelo contato com os fluidos corporais de pessoas infectadas, por meio de transmissão direta ou pela exposição a objetos contaminados.

Portanto, respeite a quarentena e evite o contato com pessoas que não estão em isolamento com você. Dessa forma, conseguiremos reduzir o contágio e nos prevenir do Coronavírus. 

O isolamento social é extremamente necessário para evitar a disseminação do novo Coronavírus. Caso apresente sinais da doença, proteja a saúde de todos à sua volta e, se os sintomas se agravarem, procure um médico.

Se adotarmos essas medidas com consciência, certamente reduziremos o contágio  do novo coronavírus e achataremos a curva de contágio.


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais