Tratamento do Sorriso Gengival com Botox

A estética do sorriso é fundamentalmente influenciada por 3 fatores: dentes, gengiva e lábios. Um #sorriso atraente depende de uma adequada proporção desses. Ao sorrir, o lábio superior deve mostrar 3 mm de gengiva, e a linha #gengival deve seguir o contorno do lábio. A exposição de mais de 3 mm de gengiva caracteriza o chamado Sorriso Gengival.

A maioria dos ortodontistas prefere que a elevação do lábio superior no sorriso forçado pare ao nível da margem gengival. Já em sorrisos naturais, uma faixa de gengiva é aceitável, pois representaria a expressão humana mais autêntica.

Para muitos pacientes, o Sorriso Gengival representa uma desordem estética muito grande. Muitos tratamentos já foram propostos, como gengivoplastias, ortodontia e cirurgias ortognáticas.

Por serem procedimentos que demandam consideráveis riscos, alto custo e tempo, tornaram-se menos recomendados ultimamente. Contrariamente, o uso do #Botox representa um simples, rápido e efetivo método para a correção do Sorriso Gengival.

Sorriso Gengival é Comum?

Aparentemente a incidência dessa desordem é grande, em muitos casos é visto pelo paciente como uma anormalidade #estética constrangedora e prejudicial à auto-estima. A prevalência nas mulheres é cerca de duas vezes maior em relação aos homens.

Sua etiologia pode estar correlacionada a fatores musculares, esqueléticos, gengivodentais ou uma combinação entre eles. Um Sorriso Gengival pode ser causado por um lábio superior curto, coroa dos dentes curta, excesso maxilar vertical, hipertrofia gengival ou hiperatividade dos músculos elevadores do lábio superior. O correto tratamento depende da correta identificação do fator causal, e uma intervenção cirúrgica nunca pode ser descartada.

Em 2004, propuseram que o Sorriso Gengival fosse classificado de acordo com sua etiologia. Uma linha de sorriso alta pode ser categorizada nos seguintes tipos: dentogengival, no qual há uma alteração na erupção dentária resultando numa coroa clínica menor; muscular, causada pela hiperatividade dos músculos periorais; dentoalveolar, resultante de um excessivo crescimento vertical da maxila e, finalmente, uma combinação de causas.

Os fatores utilizados para a identificação da etiologia são: a distância do ponto subnasal até o limite incisal da coroa dos incisivos; parâmetros oclusais como overbite, overjet e inclinação do plano oclusal; ou parâmetros dento-gengivo-labial como comprimento da coroa clinica dentária, comprimento do lábio superior e o espaço interlabial em repouso e sorrindo.

Leia também: Sorriso Gengival: cirurgia é a melhor opção para o meu caso?

Classificações do Sorriso Gengival

Em 2010, ainda sugeriram uma classificação de acordo com o tipo de Sorriso Gengival.

Anterior: quando há mais de 3mm de gengiva entre os caninos, com envolvimento do elevador do lábio superior e da asa nasal.

Posterior: quando há mais de 3mm de #gengiva exposta posteriormente ao canino. Tendo uma exposição normal (<3mm) entre os caninos , mas envolvendo a ação dos músculos zigomáticos.

Misto: No qual tanto entre caninos quanto posteriormente à eles existem mais de 3 mm de gengiva exposta. Que envolvem dois ou mais dos músculos anteriormente citados.

Assimétrico: onde de um lado há maior exposição que de outro, causado pela assimétrica contração desses músculos.

Leia também: Botox Terapêutico: o que é, benefícios e como é feito na Odontologia e Estética Orofacial: o que é, indicações e tratamentos disponíveis.


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais