A bichectomia é uma cirurgia funcional e estética que tem como objetivo emagrecer o rosto e evitar o mordiscamento das bochechas . O procedimento tem sido bastante procurado devido à sua popularização entre as celebridades e á sua baixa complexidade.

Mas quais são os riscos da cirurgia? Posso comprometer a minha saúde? A técnica pode favorecer a flacidez do rosto?

Acompanhe o artigo para tirar essas dúvidas, saber como funciona o procedimento, e como é possível contornar seus principais riscos.

O que é a bichectomia? 

O procedimento cirúrgico consiste na remoção das bolsas de gordura (bolas de Bichat) que se encontram nas bochechas abaixo do osso zigomático ou “osso da maçã do rosto”. 

Essas bolsas gordurosas possuem uma função muito importante para o ser humano no início da vida, durante a fase de amamentação. Elas tornam o movimento de sucção mais confortável para o bebê se amamentar. 

À medida que o tempo passa, no entanto, essas bolas perdem sua função, sendo desnecessárias para a saúde humana e, por vezes, repercutindo em problemas de mordiscamento para o paciente. Se você costuma, sem querer, morder sua bochecha com frequência, lidando sempre com aftas ou outras lesões internas, por exemplo, pode ser um indicativo de que se beneficiaria com o procedimento. 

Portanto, para pessoas que, mesmo na fase adulta, permanecem com essa bola gordurosa muito desenvolvida, a bichectomia pode ser indicada — seja por apresentarem desconfortos com o excesso de bochechas ou por uma questão unicamente estética.

Como funciona o procedimento?

O procedimento é simples e rápido e deve ser realizado, preferencialmente, por um cirurgião dentista. Em consultório odontológico, o especialista contará com todos os equipamentos necessários para qualquer tipo de intervenção.

A cirurgia dura em média uma hora. O cirurgião fará uma pequena incisão na região interna das bochechas para remover as estruturas gordurosas.

Todo o procedimento é feito na região interna, poupando o paciente de cicatrizes externas.

No vídeo abaixo, a Dra Ianara Pinho, explica tudo sobre a Bichectomia. Assista agora:

https://www.youtube.com/watch?time_continue=6&v=TjGTT0F24js&feature=emb_logo

Cuidados no pós operatório

Em  geral, a recuperação do paciente é rápida e não muito complicada. Mas para amenizar os incômodos e evitar qualquer complicação, são necessários certos cuidados. São eles:

  • Não tomar sol nos primeiros dias;
  • Fazer o uso de medicações indicadas pelo médico e de compressa de gelo nos primeiros dias;
  • Adotar uma alimentação líquida e pastosa nas primeiras 48 horas;
  • Não praticar atividade física ou fazer grandes esforços nas primeiras semanas.

Em geral, o paciente poderá retornar à rotina de trabalho após 3 dias de repouso. 

Quais os principais riscos do procedimento?

Apesar da bichectomia ser um procedimento simples, seus riscos devem ser considerados para uma decisão consciente. Conheça abaixo os principais deles:

Danos nos nervos faciais

As bolsas de gordura se encontram muito próximas de nervos e vasos sanguíneos. Por isso, existe a possibilidade do profissional atingir, durante o procedimento, ramos do nervo facial — responsável pelos movimentos e expressões do rosto — o que causa paralisia temporária da musculatura.

Uma outra estrutura que também pode ser atingida é o ducto parotídeo, que transporta saliva à boca. 

Se isso ocorrer, o líquido fica acumulado em um local inadequado, favorecendo o desenvolvimento de infecções, além de gerar um inchaço da bochecha, sendo necessário realizar uma drenagem para que ela volte ao normal.

Esses problemas podem causar sérias complicações, como hematomas, perda de movimentos faciais, com consequente rosto torto e fístula salivar.

Para todas essas situações, a melhor forma de prevenção é: conte com cirurgiões dentistas que sejam especializados e que tenham experiência comprovada com o procedimento. Por mais simples que pareça a cirurgia, quando realizada por profissionais inexperientes, pode acarretar prejuízos sérios para a sua saúde.

Envelhecimento antes do tempo

Com o passar dos anos, o nosso rosto afina naturalmente, deixando a aparência envelhecida. Ao indicar a bichectomia, portanto, o cirurgião deve levar esse fator em consideração.

Portanto, se você está pensando em fazer bichectomia, ressalta-se que é extremamente importante escolher um profissional muito bem qualificado para estudar o seu formato de rosto e as suas proporções faciais antes de realizá-la.

Como evitar os riscos?

Para que eventuais riscos sejam evitados, é necessário levar em consideração dois fatores, em especial: a escolha do cirurgião e a escolha da clínica.

Recomenda-se a escolha de um cirurgião dentista especializado na realização  do procedimento. O profissional com formação em Odontologia é o mais adequado uma vez que possui todo o conhecimento sobre a saúde bucal do paciente e competência para lidar com qualquer eventualidade ou complicação. 

E, claro, pesquise também, sobre a qualidade e reputação da clínica e do cirurgião em questão. O ideal, nesses casos, é tentar conversar com pacientes que já realizaram o procedimento.

Na Clínica Ianara Pinho, por exemplo, todos os dentistas são especializados em suas áreas específicas de atuação para garantir que o atendimento prestado esteja em conformidade com o que há de mais moderno na odontologia. A Clínica se destaca no atendimento ao cliente recebendo sempre avaliações muito positivas no Google ou em demais redes sociais.

Além disso, trata-se do maior e mais completo espaço odontológico de Águas Claras, em Brasília, com infraestrutura e tecnologia de ponta, incluindo um centro cirúrgico e radiológico para toda etapa de diagnóstico, seguida do procedimento cirúrgico.

Assista ao depoimento de uma de nossas pacientes que realizou a Bichectomia e recomenda:

Se você se interessou pela bichectomia, mas ainda não sabe onde realizá-la em Brasília, entre em contato com a gente. Aqui você irá conhecer profissionais capazes de proporcionar os melhores resultados estéticos para você.

Agende uma avaliação.

 

Leia também: 

Quem pode fazer Bichectomia? Conheça indicações e contraindicações

Bichectomia: confira TUDO que você precisa saber sobre o tratamento do momento


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais