É comum que pais de primeira viagem tenham muitas dúvidas relacionadas à chupeta. A principal delas é se o acessório deve mesmo ser oferecido aos bebês ou se faz algum mal à saúde. Ademais, muitos pais não sabem como tirar bico de criança — afinal de contas, ela não poderá chupar chupeta para sempre, não é mesmo?

Para ajudá-lo nessa missão, daremos algumas dicas para que a remoção da chupeta seja feita da forma mais tranquila possível. Ansioso? Então, continue lendo este artigo!

1. Ofereça outras maneiras de acalmar o bebê

Os pais tendem a recorrer à chupeta como principal forma de manter o bebê calmo. Acontece que nem sempre a criança quer sugar algo. Ela pode estar com vontade de sentir o calor do corpo da mãe, por exemplo.

Então, antes de oferecer a chupeta ao bebê, perceba de que outras maneiras ele se acalma.

2. Estabeleça horários para a chupeta

Como tirar bico de criança nem sempre será algo rápido, os pais devem fazer com que o objeto só seja usado em momentos específicos, como na hora de dormir ou quando o bebê estiver em uma situação estressante, como em uma viagem.

Tudo isso deve ser feito no primeiro ano da criança. Isso ajudará a estabelecer limites e fará com que a futura mudança de hábito seja mais simples.

3. Converse com a criança

A partir dos dois anos, a criança já consegue interagir verbalmente com os pais. Essa é uma boa hora para argumentar, explicando que a chupeta deixa o sorriso “feio” ou que a chupeta está “suja” — principalmente quando ela cair no chão.

Seja didático e paciente, lembre-se que, para a criança, o hábito de chupar bico está atrelado à calma e segurança.

4. Proponha uma troca

Grande parte das crianças está disposta a trocar o bico por alguma outra coisa, como um brinquedo ou um passeio. Nesse caso, os pais precisam esclarecer que se trata de uma troca e que a criança não verá mais a chupeta.

É natural que os pequenos voltem a pedir o objeto à noite, mas os responsáveis devem ser firmes e não podem recuar do acordo. Nessa fase, é comum que haja choro e um pouco de birra, mas, ao perceber que a chupeta não será devolvida, as crianças tendem a parar.

5. Amamente

A chupeta acalma a criança porque, nos anos iniciais da primeira infância, ela está na fase oral. O que significa que é por meio da boca que ela explora o ambiente — é por isso que os pais precisam tomar cuidado com objetos que podem ser engolidos.

Ademais, nós, seres humanos, somos mamíferos, então, é natural que sugar seja algo instintivo. Por isso, amamentar é uma maneira de saciar esse instinto e acalmar o bebê.

De acordo com o Ministério da Saúde, o ideal é que a criança não ultrapasse dois anos e meio chupando chupeta, uma vez que isso pode prejudicar a dentição e a mordida.

Agora que você aprendeu a como tirar bico de criança, lembre-se de ser paciente e firme. Um pouco de choro e manha nessa fase é absolutamente natural.

Gostou deste artigo? Então, compartilhe-o com os seus amigos e os ajude a passar por essa fase delicada da paternidade.

Leia também: Uso da Chupeta: desmistificando mitos e verdades


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais