Há quem acredite que implante dentário e aparelho ortodôntico são dois dispositivos que não combinam. Será que isso realmente é verdade? Esses dois tratamentos são indicados para melhorar as funções da dentição e a estética do sorriso, mas você acha que eles podem ser combinados?

É verdade que esses procedimentos são muito diferentes e recomendados para casos distintos. No entanto, não é impossível uma pessoa com implantes corrigir a posição dos dentes naturais, e nós explicaremos melhor neste artigo.

Continue lendo para conhecer mais profundamente os implantes e aparelhos ortodônticos e o objetivo de cada tratamento. Descubra como pode ser feita a combinação entre essas duas técnicas e quais são os cuidados necessários para alcançar excelentes resultados.

Sobre o implante dentário

A cirurgia de implante dentário é indicada para pessoas que já completaram o desenvolvimento ósseo e perderam um ou mais dentes. Esse é um tratamento definitivo, ou seja, realizado uma vez só com o intuito de durar por toda a vida.

Consiste em fixar um pino metálico (geralmente de titânio) no osso que serve como base para os dentes. Esse pino é o implante em si, que servirá como uma raiz para a prótese (dente artificial). Por isso, ela ficará totalmente presa na boca.

O objetivo desse tratamento é promover a reabilitação oral do paciente. Completamos a sua arcada dentária para que não haja sobrecarga dos dentes remanescentes nem dos ossos faciais. Com isso, o paciente tem mais segurança ao sorrir, falar e mastigar.

O foco também está na questão estética, uma vez que a falta de dentes prejudica a aparência do sorriso e causa impactos negativos para a autoestima, principalmente quando a perda ocorre na região anterior, mais visível na boca. A pessoa se sente inibida por causa dessa falha em sua dentição.

Leia também:

Tipos de Implantes Dentários: qual o mais indicado para cada caso?

Sobre os aparelhos ortodônticos

Os tratamentos ortodônticos são indicados para pessoas de todas as idades. Eles podem começar ainda na infância, a partir dos cinco ou sete anos. Nesse caso, é feita a ortodontia preventiva para guiar o crescimento dos dentes e evitar complicações maiores no futuro.

Quando os dentes permanentes apresentam problemas, seja em crianças, adolescentes, adultos ou idosos, os aparelhos ortodônticos visam corrigir imperfeições. Eles exercem uma força contínua sobre a dentição estimulando movimentações para alinhar os dentes.

Além de desalinhamentos, giros, apinhamentos e diastemas, os aparelhos ortodônticos são indicados para a correção de problemas na mordida. Por isso, sua finalidade é funcional e estética, uma vez que eles melhoram a mastigação, a fala, a respiração e a higienização, mas também deixam o sorriso mais bonito, harmônico e simétrico.

Existem diferentes tipos de aparelhos ortodônticos, sendo comum dividi-los em fixos, móveis, expansores, estéticos e alinhadores invisíveis. Todos eles são eficazes, mas podem apresentar indicações distintas, seja para problemas mais simples ou complexos. Além disso, podem ser escolhidos conforme o desejo do paciente de realizar um tratamento mais discreto.

Combinação entre implante dentário e aparelho ortodôntico

Como você pôde ver, implante dentário e aparelho ortodôntico são dois tratamentos com indicações bem diferentes, embora ambos tenham foco na funcionalidade das arcadas, manutenção da saúde bucal e valorização estética.

Por ser um dispositivo artificial inserido na boca do paciente, uma dúvida muito recorrente sobre o implante é a possibilidade ou não de fazer um tratamento ortodôntico nesses casos. A boa notícia é que não existe um impedimento geral que inviabilize a associação das duas técnicas.

É possível uma pessoa que colocou um implante alinhar o seu sorriso com aparelhos. No entanto, é preciso relembrar que os implantes são dispositivos totalmente fixos. Eles não sofrem a ação dos aparelhos, ou seja, sua posição não pode ser modificada por eles.

Sendo assim, antes o paciente precisa passar por uma avaliação do ortodontista. Ele verificará se a posição e o ângulo do implante não causam nenhum impedimento para promover as movimentações e mudanças na posição dos dentes naturais.

Porém, se a instalação do implante não tiver sido bem feita, existem alguns casos em que o tratamento ortodôntico se torna inviável. Pessoas que precisaram substituir diversos dentes também podem não ser boas candidatas para as correções ortodônticas.

De toda forma, não existe uma regra geral. É fato que podemos associar implante dentário e aparelho ortodôntico, mas cada caso precisa ser avaliado em suas características e singularidades. Por isso, somente um profissional é capaz de decidir o que pode ser feito para cada paciente.

Leia também:

Mini-implante dentário oferece resultados mais rápidos e precisos!

Como é feito o tratamento

A principal diferença do tratamento ortodôntico em pessoas que têm implante dentário para aquelas com todos os dentes naturais é o fato de que o implante não se movimenta. Todo o restante do procedimento é feito da mesma forma.

Apenas será necessário um pouco mais de rigor na execução do planejamento, uma vez que existe essa peça fixa e ela não pode interferir negativamente nas movimentações dentárias. E ainda, os resultados finais precisam incluir o implante no sorriso de uma forma natural, sem que ele fique “deslocado” digamos assim.

No caso de quem precisará de um aparelho ortodôntico fixo, o implante dentário pode até mesmo contribuir com o tratamento. Isso porque, como ele não se movimenta e nem quebra, serve como suporte para exercer pressão nos demais dentes.

O ortodontista pode ter nessa prótese um apoio muito eficaz para o dispositivo ser fixado. No entanto, reforçamos que somente se o pino tiver sido instalado no ângulo correto e não interferir nos resultados pretendidos.

Cuidados necessários

Embora seja possível associar implante dentário e aparelho ortodôntico, o ideal é que as pessoas que perderam dentes, mas precisam alinhar o sorriso, prefiram antes fazer o tratamento ortodôntico e depois a colocação do implante.

Porém, se a decisão de alinhar o sorriso vier depois da cirurgia, os cuidados necessários para alcançar bons resultados e preservar a saúde bucal são os mesmos do que para qualquer outro paciente. Algumas recomendações feitas pelo ortodontista são:

  • evitar alimentos muito duros, pegajosos e fibrosos;
  • não roer as unhas, morder objetos ou usar os dentes como ferramenta;
  • escovar os dentes após cada refeição;
  • sempre usar o fio dental, pelo menos uma vez por dia;
  • não “forçar” o aparelho com as mãos nem inserir qualquer tipo de objeto nele;
  • comparecer às consultas de manutenção.

No caso do aparelho móvel:

  • usar pelo tempo diário recomendado;
  • higienizar corretamente o dispositivo;
  • quando fora da boca, mantê-lo no estojo original;
  • evitar colocá-lo em bolsas ou no bolso.

Para que você possa associar com sucesso implante dentário e aparelho ortodôntico, é fundamental ter o suporte de profissionais bem capacitados e experientes. Assim, sua avaliação será feita corretamente e as melhores técnicas adotadas a fim de alcançar excelentes resultados funcionais e estéticos.

Além dos implantes e aparelhos existem diversos outros procedimentos que promovem a estética orofacial, conheça algumas opções interessantes!

 

Leia também:

Aparelho Autoligado: contamos tudo o que você precisa saber


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais