Facebook Pixel
Agende sua consulta com os melhores dentistas de Brasília-DFAgende sua consulta Agende sua consulta pelo Whatsapp da Clínica Ianara Pinho Odontologia: (61)99305-9389 ou pelo telefone (61)3246-8837

Contato (61) 3246-8837

99305-9389  
Confira o horário de atendimento da nossa clínica odontológica em Águas Claras

Segunda à Sexta 8h às 22h

Sábados 08h às 14h

Ianara Pinho
Implante dentário: Saiba tudo sobre o procedimento

Implante dentário: Saiba tudo sobre o procedimento

O sorriso é uma parte fundamental de como nos expressamos e interagimos com o mundo. Perder um ou mais dentes pode afetar profundamente nossa autoestima, autoconfiança e qualidade de vida.

Nos últimos anos, existe uma solução que tem sido cada vez mais utilizada para resolver esse problema: o implante dentário. Trata-se de um procedimento revolucionário que promete devolver a saúde bucal e a estética do paciente.

Neste artigo, encontre um guia completo sobre o implante dentário, com dicas sobre o assunto, os benefícios, indicações e muito mais. Continue lendo!

Leia um guia completo sobre:

Agende uma avaliação na Ianara Pinho odontologia, dentistas em Brasília, Aguas Claras, Asa Sul, DF

O que é Implante Dentário?

Os implantes dentários são estruturas de titânio que funcionam como raízes artificiais, sendo inseridos no osso maxilar ou mandibular para substituir dentes ausentes ou danificados.

Essencialmente, o implante dentário substitui a raiz do dente natural, proporcionando uma base sólida e permanente. A osseointegração é um processo fundamental para a estabilidade do implante, pois permite que ele suporte forças mastigatórias e outras pressões semelhantes a um dente natural.

Os implantes dentários representam uma inovação significativa na odontologia, proporcionando aos pacientes uma solução duradoura e eficaz para a perda de dentes. 

Restaurar a estética e a função dentárias não apenas melhora a qualidade de vida, mas também promove a confiança e a saúde bucal a longo prazo.

tipos de implante dentário fotos

Qual a diferença entre implante e pivô?

O Implante dentário e o pivô são duas opções de tratamento para substituir dentes ausentes, mas eles têm diferenças significativas em termos de abordagem, procedimento e resultados.

Os implantes são considerados uma opção mais estável, durável e de longo prazo, pois não dependem da integridade dos dentes vizinhos. Os pivôs são uma opção viável quando um dente natural é saudável e pode servir como âncora, mas eles podem não ser tão duradouros e podem afetar a estrutura dos dentes vizinhos devido à preparação. 

A escolha entre essas opções dependerá da situação clínica individual e das recomendações do seu dentista, além dos seus objetivos estéticos buscados.

Qual a diferença entre implante e prótese dentária?

A principal diferença entre implantes dentários e próteses dentárias está relacionada com a abordagem de substituição de dentes ausentes e a estabilidade. 

Enquanto os implantes dentários oferecem uma opção mais estável, duradoura e natural para substituir dentes ausentes,as próteses dentárias são uma opção removível que pode ser menos estável e requer cuidados adicionais.

Leia mais: Qual É O Melhor Tipo De Prótese Dentária? — Especialista Explica As Opções

Tipos de Implante Dentário

Podemos citar 8 tipos de implante dentário

  • Implante Dentário Unitário

  O implante dentário unitário é a solução ideal para substituir um único dente perdido. Ele consiste em um parafuso de titânio implantado no osso maxilar ou mandibular, sobre o qual uma prótese personalizada é fixada. Esse tipo de implante é altamente estético e funcional, proporcionando um dente substituto que se assemelha aos dentes naturais.

  • Implante Dentário Dois por Três (2 x 3)

  O implante dentário 2 x 3 é uma opção que permite a substituição de dois dentes adjacentes usando apenas três implantes. Isso é possível graças à fixação de uma ponte sobre os implantes. Essa técnica é econômica e eficaz para restaurar uma pequena seção de dentes ausentes.

  • Implante com Prótese Protocolo

  Implantes com prótese protocolo são ideais para pacientes que perderam todos os dentes de uma arcada completa, geralmente a arcada superior. Esse tipo de implante envolve a fixação de quatro a seis implantes no osso maxilar, sobre os quais uma prótese fixa é anexada. Isso proporciona uma restauração completa da função mastigatória e estética.

  • Implante com Prótese Overdenture

  Implantes com prótese overdenture são usados quando os pacientes desejam uma prótese removível mais estável do que as dentaduras convencionais. Dois ou mais implantes são colocados no osso, e uma overdenture é encaixada sobre eles com a ajuda de encaixes ou botões de pressão, proporcionando uma retenção superior.

  • Implante Zigomático

 Implantes zigomáticos são usados em casos de reabsorção óssea extrema, onde os implantes convencionais não seriam uma opção viável. Eles são ancorados no osso zigomático (maçã do rosto) e podem sustentar uma prótese fixa.

  • Implantes de Carga Imediata

  Os implantes de carga imediata permitem a colocação de uma coroa ou prótese no implante no mesmo dia da cirurgia. Isso proporciona uma recuperação mais rápida e a restauração imediata das funcionalidades bucais, além da melhoria estética.

  • Mini-Implantes Dentários

  Os mini-implantes dentários são versões menores dos implantes convencionais e são usados em casos em que o osso disponível é limitado. Eles são frequentemente utilizados para fixar dentaduras ou próteses removíveis.

Leia também: Mini-implante dentário oferece resultados mais rápidos e precisos!

  • Implantes de Carga Diferida

  Implantes de carga diferida envolvem a colocação do implante e, após um período de cicatrização, a fixação da prótese ou coroa. Isso é recomendado em casos de osseointegração retardada ou quando o osso precisa de tempo adicional para se fortalecer.

Vantagens do Implante Dentário

A principal vantagem do implante dentário é que ele satisfaz, ao mesmo tempo, duas necessidades importantes para o sorriso de uma pessoa: a parte funcional e a questão estética.

O implante permite restaurar o equilíbrio da arcada dentária, das funções mastigatórias e, consequentemente, da qualidade de vida de uma pessoa, já que um único dente perdido causa grande impacto em seu dia a dia.

implante dentário fotos

Conheça algumas das principais vantagens:

  • Restauração da Estética: Os implantes dentários são projetados para parecerem e funcionarem como dentes naturais, melhorando a estética do sorriso e a autoconfiança do paciente.
  • Melhoria na Mastigação: Os implantes dentários permitem uma mastigação eficaz, tornando mais fácil para o paciente comer uma variedade de alimentos com mais conforto, incluindo aqueles que são difíceis de mastigar com dentaduras.
  • Durabilidade: Com os devidos cuidados e manutenção, os implantes dentários podem durar cerca de 15 anos, ao contrário de pontes e dentaduras, que podem precisar de substituição periódica.
  • Preservação do Osso: Os implantes ajudam a preservar o osso ao redor do local da perda dentária, evitando a reabsorção óssea que ocorre quando um dente está ausente.

Como é realizado o implante dentário?

O implante dentário é feito com o objetivo de substituir adequadamente a raiz de um dente perdido. Para isso, uma estrutura de titânio (semelhante a um parafuso) é fixada no osso alveolar da boca (que serve como base para todos os dentes naturais), funcionando como uma raiz artificial para o dente.

como é feito o implante dentário

Para que o resultado se assemelhe ao máximo a um dente natural, também é colocada uma prótese sobre a estrutura, que geralmente é feita de porcelana. Portanto, o implante é composto pela estrutura de titânio (que é o implante em si) e uma prótese especial feita desse material.

Confira o passo a passo de como tudo funciona:

  • Avaliação inicial e planejamento: 

Na etapa de avaliação, o profissional observa as necessidades do paciente e suas características. Nessa fase, é definido se o paciente, de fato, pode fazer o implante dentário, se tem alguma contraindicação ou se precisa de alguma preparação específica.

São solicitados exames específicos para analisar toda estrutura bucal e os tecidos de base, a fim de conhecer a anatomia da boca do paciente, o seu tipo ósseo, entre outros detalhes. 

Isso é importante para determinar como o tratamento deverá ser conduzido. Entre os principais exames solicitados nesta etapa, estão:

  • Radiografia Panorâmica;
  • Radiografia Periapical;
  • Fotografias Odontológicas;
  • tomografias da boca;
  • Radiografia Bite-Wing.
  • Cirurgia de Implante: 

Em geral, a cirurgia para implante dentário é semelhante à de extração de um dente e é feita no próprio consultório odontológico, com anestesia local. Clínicas mais especializadas, como a Ianara Pinho Odontologia, possuem sala cirúrgica  especial e sedação consciente ou endovenosa (se necessária) para realizar o procedimento, oferecendo mais conforto e segurança ao paciente.

O primeiro tempo cirúrgico é voltado para a fixação do implante ao osso. Ainda é feita uma pequena abertura na gengiva, a fim de expor o osso. Com brocas específicas, o implantodontista faz uma perfuração nessa base para abrir o caminho onde o implante será encaixado. 

Depois de posicioná-lo, é colocada uma espécie de tampa para proteger o implante e a gengiva é fechada para esperar a osseointegração. Independentemente do tipo de implante, a colocação é feita no mesmo dia e a cirurgia dura cerca de uma hora, em casos mais simples.

É recomendado que o paciente fique em repouso no dia do procedimento e pode tirar de um a três dias de atestado, em média. Após isso, é possível voltar às atividades normais do dia a dia, sem exageros.

Além disso, na maioria dos casos, a cicatrização é rápida. Dentro de uma semana já é possível tirar todos os pontos.

  • Osseointegração:

  Essa etapa envolve o pós-operatório e dura entre três e seis meses, período que pode variar de acordo com cada paciente. É nesse momento que o tecido ósseo começa a se regenerar e se aproxima do implante, fixando-o à base.

Essa fase é muito importante para o sucesso do tratamento, sendo fundamental seguir todas as recomendações do especialista para que não aconteça nenhum imprevisto e o implante seja integrado corretamente.

  • Reabertura de implante

Este é o segundo tempo cirúrgico, quando o especialista em implante dentário faz a reabertura da gengiva para remover a tampa de proteção. Após isso, é instalado o cicatrizador de implante, que é um dispositivo que prepara o tecido gengival para receber a prótese e serve para fazer com que ela cicatrize adequadamente, deixando exposto apenas o acesso ao implante.

  • Aplicação da Prótese: 

Após a osseointegração, essa é a última etapa do tratamento de implante dentário. Depois que a gengiva estiver cicatrizada e o dente artificial for moldado, o paciente retorna ao consultório para retirar o cicatrizador e fixar a prótese. Então, o seu sorriso estará completo e reabilitado.

Leia também: Como É Feito O Implante Dentário? Saiba Mais Sobre Esse Tratamento

Indicações para Implante Dentário: Quem Pode Fazer?

Em geral, a maioria das pessoas estão aptas e podem realizar o tratamento. Porém, existem algumas exceções, como:

  • pacientes que têm problemas sistêmicos mais sérios e não controlados (diabetes não controlada, problemas de cicatrização graves, entre outros);
  • crianças ou adolescentes que ainda estão em fase de crescimento;
  • pacientes que fazem radioterapia ou quimioterapia.

Porém, é importante reforçar que aqueles que desejam realizar um tratamento com implantes devem passar por uma anamnese de saúde médica e odontológica. Dessa forma, é possível saber se o procedimento é viável ou não para o seu caso. 

Quantos implantes são necessários?

O número de implantes dentários necessários depende da situação clínica específica de cada paciente e do tipo de restauração dental desejada. Não há uma resposta única para essa pergunta, pois a quantidade de implantes varia de acordo com fatores como: número de dentes ausentes, localização na boca que necessita do implante, condição óssea, tipo de prótese e objetivos desejados.

Em geral, seu implantodontista realizará uma avaliação completa e radiografias para determinar quantos implantes são necessários em seu caso específico. Portanto, o número exato de implantes vai depender de cada caso.

Pacientes que perderam muitos dentes precisam fazer um implante para cada dente perdido?

Em geral, mesmo uma quantidade de implantes inferior à quantidade de dentes perdidos já é suficiente para construir uma prótese suportada pelos implantes e garantir o bom funcionamento da arcada dentária, com boa estabilidade na boca.

Por exemplo, em um quadro em que o paciente perdeu todos os dentes superiores, quatro ou seis implantes já são suficientes para restaurar a característica funcional e estética dos dentes, com a prótese adequada.

No entanto, é importante ressaltar que tudo será definido com base na avaliação profissional do seu dentista.

Ainda tem alguma dúvida sobre o tema? Assista o vídeo completo no qual a Dra. Ianara Pinho fala tudo o que você precisa saber sobre o assunto:

Contraindicações para o implante dentário

Você já sabe que o implante dentário proporciona diversos benefícios para a vida do paciente, no entanto, como qualquer procedimento médico, há situações em que os implantes podem não ser apropriados. Veja logo abaixo alguns casos em que o tratamento não é indicado:

Insuficiência Óssea

A integração bem-sucedida do implante com o osso é essencial para o sucesso do procedimento. Se um paciente não tiver a quantidade adequada de osso na área de tratamento, pode não ser possível colocar um implante com segurança.

Má higiene bucal

Problemas de saúde bucal, como doenças periodontais graves, infecções ativas ou condições mais leves, como cáries dentárias e tártaros não tratadas, podem afetar a saúde dos implantes dentários.

Por isso, é importante tratar essas condições antes de considerar implantes para garantir a melhor chance de sucesso no procedimento.

Tabagismo

O ato de fumar pode prejudicar a circulação sanguínea e afetar negativamente a cicatrização, isso porque os fumantes possuem um risco maior de complicações pós-operatórias e de insucesso dos implantes.

Leia mais: Dente de fumante: quais os impactos da nicotina na saúde bucal?

Saúde geral do paciente 

Um dos fatores mais importantes na determinação da elegibilidade para implantes dentários é a saúde geral do paciente. Condições médicas sérias, como doenças cardíacas não controladas, diabetes, distúrbios de coagulação sanguínea e comprometimento do sistema imunológico, podem aumentar o risco de complicações durante o procedimento de implante e a recuperação.

Por isso, o ideal é sempre buscar orientação profissional que possa avaliar as especificações de cada caso e indicar as melhores opções de tratamento

Idade

De início, não há limite de idade para a colocação de implantes dentários, o ideal é avaliar as condições de cada caso. No entanto, em pacientes mais jovens que estão em fase de crescimento (crianças e adolescentes), o desenvolvimento ósseo ainda pode estar ocorrendo, o que pode afetar a estabilidade dos implantes e tornando inviável a realização do procedimento.

Gravidez

De modo geral, não é indicado para gestantes realizarem um implante dentário, pois o procedimento pode expor a paciente a riscos e tensões desnecessárias, tanto para ela quanto para o bebê, especialmente devido aos medicamentos utilizados no tratamento, que podem ser absorvidos pelo feto.

Então, como o implante costuma ser um tratamento eletivo e não urgente, é recomendado que o procedimento seja realizado apenas após o término da gravidez. Caso a aplicação do implante dentário seja emergencial, é necessário ter o aval do obstetra para isso.

Alternativas ao implante dentário

Se necessário, outras alternativas que buscam cumprir com o mesmo objetivo são oferecidas aos pacientes como forma de substituir o implante dentário, como a prótese fixa, que preserva ao mesmo tempo os dentes naturais e oferece uma durabilidade maior que as removíveis, além de ter um custo menor que o valor do implante dentário.

É importante que a pessoa esteja ciente de todos os prós e contras de cada um dos tratamentos antes de tomar uma decisão, junto com seu cirurgião-dentista.

Ainda tem dúvidas sobre os tipos de próteses dentárias e qual pode ser a ideal para o seu caso? No vídeo abaixo, a Dra. Ianara Pinho explica um pouco mais sobre o assunto:

Duração do tratamento com Implante Dentário

O tratamento com  implante dentário não é tão rápido quanto outros mais simples feitos no consultório, como uma restauração. Isso porque depende da regeneração de tecidos para fixar o implante ao osso, os quais servem para dar reforço à prótese, levando algo em torno de quatro a seis meses, em média.

Riscos e complicações do Implante Dentário

Os implantes dentários são procedimentos cirúrgicos relativamente seguros e eficazes, mas como qualquer procedimento médico, eles apresentam possíveis riscos e complicações. Saiba quais são:

  • Infecção: É possível que haja infecção no local da cirurgia, embora seja rara. Caso ocorra, o seu dentista provavelmente deve indicar o tratamento com antibióticos.
  • Sangramento excessivo: Hemorragia é um risco durante a cirurgia de implante. Geralmente, isso é controlado durante o procedimento.
  • Osseointegração deficiente: A osseointegração é um processo fundamental para o tratamento com implantes pelo qual o osso ao redor do implante cresce e o fixa no lugar. Em alguns casos, a osseointegração pode não ocorrer adequadamente, levando à instabilidade do implante.
  • Fratura do implante: Os implantes podem quebrar ou fraturar devido a forças excessivas, como a mastigação inadequada ou trauma.
  • Má colocação do implante: A má colocação do implante pode resultar em problemas estéticos ou funcionais. Isso é mais provável quando a cirurgia é realizada por um profissional inexperiente, logo, é importante você buscar por implantodontistas especializados e de referência no mercado.

É importante notar que a grande maioria dos implantes dentários é bem-sucedida, e muitas complicações podem ser evitadas com cuidados adequados antes e após a cirurgia, bem como escolhendo um profissional experiente e qualificado. 

Antes de prosseguir com a cirurgia de implante, é essencial discutir todos os riscos e complicações potenciais com seu cirurgião-dentista e seguir suas orientações de cuidados pós-operatórios para minimizar esses riscos.

5 Cuidados necessários após colocar o Implante Dentário

Após a colocação de um implante dentário, é importante seguir cuidados específicos para garantir uma recuperação bem-sucedida e a integração do implante. Aqui estão cinco cuidados necessários:

  1. Tome os medicamentos prescritos: Siga as orientações do seu dentista quanto ao uso de medicamentos indicados, como antibióticos e anti-inflamatórios. Eles ajudarão a prevenir infecções e reduzir a inflamação.
  2. Faça a higienização correta: Escove os dentes, gengivas e a área do implante com uma escova de cerdas macias e pasta de dente não abrasiva após cada refeição e antes de dormir. Além disso, use o fio dental com cuidado para limpar entre os dentes e ao redor do implante.
  3. Realize o repouso necessário: Evite fazer atividades físicas no período de recuperação e outros tipos de esforços, como pegar objetos pesados, dessa forma você evita sangramentos indesejados.
  4. Aplique compressas com gelo: Aplicar compressas de gelo no local da cirurgia pode evitar a ocorrência de inchaços durante os primeiros dias após o procedimento.
  5. Priorize alimentos líquidos e gelados: Na primeira semana após o procedimento, dê prioridade a alimentos gelados e líquidos ou pastosos como sorvetes, purê, sucos, caldos e vitaminas. Evite duros, pegajosos ou que exigem muita mastigação.

Além desses cuidados, siga as instruções específicas fornecidas pelo seu dentista, pois cada caso pode ter necessidades individuais. Geralmente, a recuperação total de um implante pode levar vários meses, e o cumprimento rigoroso das orientações é fundamental para obter os melhores resultados e evitar complicações.

Cuidados no pós-operatório

O pós-operatório do implante dentário é considerado tranquilo. Basta seguir as orientações do especialista e tomar a medicação prescrita para que tudo ocorra bem.

É recomendado não exercer esforço sobre o implante, a fim de evitar inflamações ou infecções, além de ter boa higienização local para garantir que o tecido ósseo e a gengiva cicatrizem corretamente. 

Os principais cuidados pós implante dentário envolvem:

  • evitar alimentos duros ou difíceis de mastigar;
  • manter uma boa higiene bucal, com escovação correta, uso de fio dental e enxaguantes bucais (com algumas adaptações no local da cirurgia);
  • administrar corretamente os medicamentos;
  • evitar tocar o local operado;
  • não se deitar sobre o lado operado nos primeiros dias;
  • evitar agressões como bochechos vigorosos ou pancadas.

E será que pode comer de tudo após a instalação do implante dentário? A Dra. Ianara Pinho esclarece essa dúvida no vídeo abaixo, assista:

Leia também: Dicas de cuidados pós-cirúrgico do implante dentário

Custo do Implante Dentário

O preço do tratamento é orçado por implante e sua respectiva prótese. Isso significa que o custo total varia de paciente para paciente, de acordo com o diagnóstico de cada um e de quantos implantes serão necessários para uma reabilitação oral satisfatória.

Porém, para um orçamento geral, é importante considerar também a clínica e o dentista que realizarão o procedimento e o acompanhamento, além da técnica utilizada e se o material será nacional ou importado.

Lembrando que a qualidade dos produtos brasileiros não é inferior a dos estrangeiros, pois há muitas empresas de renome no Brasil. No vídeo abaixo, a Dra. Ianara Pinho, cirurgiã-dentista da Clínica Ianara Pinho Odontologia, explica melhor sobre os fatores que influenciam no custo de um implante de dente. Assista:

Além disso, o implante dentário não é um procedimento de cobertura obrigatória pelos planos odontológicos. Por isso, eles podem ou não oferecer esse tratamento.

De toda forma, como o tratamento de implante está se popularizando, é possível encontrar boas clínicas que tenham excelente custo-benefício. Como há opções de materiais e tipos de implante, também pode ser discutido com o profissional uma forma de viabilizar o tratamento sem perder a qualidade.

Leia também: Implante Dentário DF – Confira Quanto Custa!

Mitos e verdades sobre implantes dentários

Afinal, será que o implante dentário dói? Um dos grandes medos de quem passa pela avaliação do dentista e tem que realizar esse tipo de procedimento é se ele vai causar algum desconforto durante a instalação ou mesmo no período de recuperação.

Entenda se o implante causa algum tipo de dor e conheça alguns mitos e verdades sobre o procedimento:

1. O implante é alocado junto ao osso?

Verdade! A ideia do procedimento do implante dentário é justamente substituir algum dente que o paciente perdeu. Para que isso aconteça, foi criado uma espécie de parafuso feito de titânio para que seja possível penetrar na estrutura óssea da maxila ou da mandíbula. 

Ele será “rosqueado” até se fixar ao osso. Assim, o implante ficará bem instalado e você não correrá risco de perdê-lo tão facilmente.

2. O pós-operatório é complicado

Depende. Como já mencionado, o profissional irá prescrever alguns medicamentos para auxiliar no processo de cicatrização, além do uso de uma bolsinha de gelo e cuidados com a alimentação para ajudar a diminuir ou evitar o inchaço. Nesse período, a pessoa também irá começar a se acostumar a ter esse implante.

Portanto, cabe ao paciente seguir as recomendações do dentista de forma correta e procurá-lo em caso de qualquer complicação. Se todas as orientações forem seguidas, o procedimento do implante dentário é mais tranquilo.

3. Não é preciso ter os mesmos cuidados de higiene

Mito. Não pense que só porque o implante é um dente artificial que ele não precisa dos mesmos cuidados, certo? Tenha em mente que ele está alocado dentro da gengiva e junto ao osso, então a falta de cuidados pode causar infecções na região.

Além disso, não há motivos para não fazer a higienização adequada. A escovação e o uso do fio dental devem ser parte do seu dia a dia, de modo que, se você quer ter dentes bonitos, nada muda com os hábitos em relação ao seu implante, ok?

4. É possível mastigar normalmente depois da cirurgia de implante dentário

Verdade. Apesar da recomendação de evitar alguns alimentos de difícil mastigação nos primeiros dias após o procedimento cirúrgico, por conta da sensibilidade e para não sobrecarregar a região, uma vez passado o processo de cicatrização, você poderá comer sem nenhum problema.

Inclusive, esse é um dos principais motivos pelos quais as pessoas procuram o implante dentário. Ele ajuda a completar a arcada dentária e tornar a mastigação uma ação muito mais simples, sem causar incômodos.

5. O organismo pode rejeitar o implante

Mito. O implante dentário foi desenvolvido a partir de um material inerte — ou seja, biologicamente inativo —, que é o caso do titânio. Isso faz com que não exista a possibilidade de rejeição pelo corpo.

Os problemas relacionados a ele que você pode ter estão relacionados a problemas durante a cirurgia ou falta de cuidados no pós-operatório, gerando infecção no local ou excesso de carga na região.

Colocar implante dentário dói?

Para entender se o implante dentário dói ou não, é preciso compreender o que está por trás de uma eventual sensação de dor atrelada a essa cirurgia.

Algumas pessoas sofrem de hipersensibilidade dentária e qualquer tipo de procedimento pode acabar gerando esse desconforto. Inclusive, isso explica porque alguns costumam relatar mais problemas com a dor de dentes no geral, do que outras pessoas.

Veja também: Por que escolher uma clínica odontológica completa em Águas Claras?

O que acontece é que a região recebe estímulos nervosos durante o processo cirúrgico, mas nem todos os organismos funcionam da mesma forma — há quem seja mais sensível e perceba com mais intensidade qualquer tipo de desconforto. 

Porém, você não precisa se preocupar em descobrir se é sensível ou não apenas quando chegar o momento. Um bom profissional não irá fazer o implante sem antes usar alguns medicamentos que ajudam a anestesiar a região, podendo inclusive indicar medicamentos pré-operatórios.

O anestésico vai evitar que você tenha que passar por essa situação desconfortável, inclusive garantindo que o procedimento seja realizado com mais cuidado e precisão.

Tenha em mente que esse é um procedimento cirúrgico , então é necessário seguir a medicação recomendada pelo seu dentista — com analgésicos, antiinflamatórios e outros fármacos — para que a recuperação pós-operatória seja a mais tranquila e menos dolorosa possível.

Então, se você ainda tem receios porque acha que o implante dentário dói, não precisa se preocupar com isso!

Resultados do Implante Dentário: Antes e Depois

Sem dúvidas, o resultado do tratamento com o implante dentário é transformador. Antes, o paciente chega à clínica com vergonha de sorrir, queixas da dentadura e até dificuldades para falar. Depois do implante, é clara a mudança: o paciente se torna uma pessoa com autoestima, bom humor e qualidade de vida.

Aqui na Clínica Ianara Pinho, sempre recebemos relatos e depoimentos dos nossos pacientes sobre como o implante dentário mudou positivamente as suas vidas para melhor. 

Confira abaixo o depoimento sobre implante dentário do nosso paciente Claudevair. Assista:

Onde colocar implante dentário?

Se você é de Brasília e está em busca de uma clínica referência em Implantodontia, a Clínica Ianara Pinho é a escolha certa para você. Aqui, você encontra a melhor tecnologia do mercado e profissionais capacitados para te proporcionar os melhores resultados.

Saiba mais: Onde fazer implante dentário em Brasília DF?

Nós possuímos uma equipe especializada em implantes dentários, composta de implantodontistas, profissionais especializados na parte cirúrgica, e protesistas, que aplicam a prótese sobre o implante. 

Agende a sua consulta na Clínica Ianara Pinho agora mesmo e inicie o seu tratamento com excelentes profissionais!

Agende sua consulta com a Ianara Pinho, onde estão os melhores dentistas de Brasília.

Veja no mapa onde estão localizadas nossas duas unidades:

Imagem da Dra. Ianara Mesquita de Pinho Prado - RT – 8721 CRO/DF / EPAO – DF 2534

Por:

Ianara Pinho em Implantes

Sobre a Ianara Pinho

Ianara Pinho é graduada pela Universidade de Brasília (UnB) e é pós-graduada em Odontopediatra, Radiologia e Imaginologia odontológica e também tem Habilitação em analgesia Inalatória (Sedação com Óxido Nitroso).

Em 2010, fundou a clínica odontológica que leva o seu nome: Ianara Pinho Odontologia.

A clínica hoje conta com mais de 45 dentistas e 2 unidades, uma na Asa Sul e outra em Águas Claras, sendo o objetivo final, transformar vidas por meio do sorriso, ou seja, produzir histórias marcantes!

São mais de 35 mil sorrisos transformados ao longo de todos esses anos.

Instagram Ianara Pinho Odontologia Facebook Ianara Pinho Odontologia YouTube Ianara Pinho Odontologia Linkedin Ianara Pinho Odontologia
Uso da chupeta

Uso da Chupeta: desmistificando mitos e verdades

Ela pode ser um importante aliado nos primeiros anos de vida da criança, mas também pode se tornar uma grande…

Leia mais
Quantos Dias De Repouso Após Implante Dentário São Necessários?

Quantos Dias De Repouso Após Implante Dentário São Necessários?

Já se perguntou quantos dias de repouso após implante dentário são necessários? Essa dúvida é bastante comum para os praticantes…

Leia mais
Dentista Pode Aplicar Botox

Dentista Pode Aplicar Botox? Descubra Verdades e Mitos Sobre Botox

Afinal, dentista pode aplicar botox? Com o crescimento da busca de brasileiros por procedimentos estéticos, muitos podem se surpreender ao…

Leia mais

Estamos online no whatsapp!

Horários, agendamentos, dúvidas e etc. Nossa equipe está pronta para te atender. Agende sua consulta!

Hidden
utm_source
Hidden
utm_medium
Hidden
utm_campaign