A perda óssea dentária é um tema que costuma assustar muito as pessoas, pois dá a impressão de ser uma doença grave, relacionada a problemas mais sérios da saúde humana.

Acontece que ela está associada a fatores simples, como a higienização bucal, alinhamento dos dentes e avanços da idade.

Por isso, neste artigo, iremos esclarecer as principais dúvidas sobre o problema, para que você possa entender melhor sobre o que é perda óssea nos dentes, suas causas, sintomas, além de descobrir se é possível reverter o processo.

Confira!

O que é a Perda Óssea Dentária?

A perda óssea dentária é um problema odontológico que atinge o osso alveolar do dente, também conhecido como lâmina dura. É esse tecido que dá sustentação ao seu dente. Nesse caso, a perda óssea nos dentes é a principal doença que atinge o osso alveolar.

Entenda melhor sobre a anatomia da boca e saiba um pouco sobre cada estrutura aqui.

O que causa Perda Óssea Dentária?

A principal causa da perda óssea dentária é a má higienização. Quando uma pessoa não escova seus dentes regularmente, não passa fio dental e não visita o seu dentista a cada seis meses para fazer a remoção de tártaro, ela contribui para a perda óssea.

O tártaro (ou cálculo dental) é resultado da ação de bactérias. Então, o acúmulo de restos alimentares contribui para que essas bactérias aumentem a presença de tártaro, agredindo o seu dente.

Um dos problemas do acúmulo de tártaro são as infecções, que podem causar doenças periodontais, como a periodontite. Esses problemas estão associados à perda óssea dentária.

Por isso, a perda óssea nos dentes não é um problema exclusivo das pessoas idosas, como muita gente acredita. Jovens e até adolescentes podem sofrer com esse problema, caso não cuidem da sua higiene.

Perda Óssea nos Dentes Sintomas: causa dor?

A gengiva inflamada é um dos sintomas iniciais de perda óssea dentária. Por isso, se a sua gengiva costuma sangrar na hora de escovar os seus dentes, fique atento.

É comum que o paciente ache que o sangramento ocorre porque o local está machucado, deixando de usar o fio dental nessas áreas. Isso é um grave erro!

A sensibilidade também pode indicar perda óssea, pois a raiz dentária não deve ficar exposta. São nesses casos que a perda óssea dentária pode causar dor, especialmente quando o dente entra contato com temperaturas extremas ou com objetos (escova de dente, colher etc.).

Além disso, a retração da gengiva é um sintoma que indica que o problema já está em um estágio avançado, uma vez que gengiva deve cobrir o ósseo alveolar.

Se ela se retraiu, é porque esse osso já está absorvido pelo corpo.

Dentes moles também indicam perda óssea nos dentes, pois eles já não conseguem se sustentar na arcada dentária. Nesse caso, o risco de perder o dente já está bem acentuado. 

Identificou algum sintoma? Agende agora mesmo uma avaliação aqui com um de nossos especialistas. Nós vamos analisar o seu caso e oferecer um diagnóstico mais preciso do seu problema.

É possível reverter o problema?

Não é possível fazer com que a perda óssea nos dentes seja revertida naturalmente, pois o tecido ósseo foi absorvido pelo organismo.

Entretanto, com o tratamento adequado e técnicas de higienização, é possível estacionar o processo.

Como tratar a Perda Óssea nos Dentes?

O tratamento para perda óssea dentária mais adequado irá variar de paciente para paciente, a depender da gravidade do quadro e de alguns requisitos. Em geral, é recomendado realizar um enxerto ósseo ou o implante dentário (caso o paciente tenha perdido algum dente).

Esses tratamentos podem reverter os problemas causados pela doença. 

Saiba mais em:

Implante Dentário: confira tudo sobre o tratamento completo

Quem tem perda óssea pode usar dentadura?

Apesar de não ser a opção de tratamento mais indicada, pessoas com perda óssea nos dentes podem utilizar uma prótese dentária (popularmente conhecida como dentadura), desde que não sejam próteses colocadas sobre implante.

Porém, é importante avaliar a melhor opção para cada quadro junto a um dentista especialista.

Afinal, em casos de perda óssea dentária a prótese pode não ter a estabilidade necessária para ações funcionais do dia a dia, como a mastigação (o dispositivo pode se movimentar na boca enquanto o paciente mastiga).

Leia também:

Diferença entre implante e prótese dentária: qual o mais indicado?

Como evitar esse tipo de problema?

Além de ficar atento aos cuidados básicos (escovação, uso de fio e visita ao dentista), o paciente deve tratar alguns problemas que podem contribuir com a perda de tecido ósseo, como:

Leia também: Profilaxia Dentária: tire suas dúvidas sobre essa limpeza indispensável!


Deixe uma resposta

Os melhores dentistas de Águas Claras, Asa Sul e Brasília

Leia Também!

Implante dentário e aparelho ortodôntico: saiba se é possível ter

Implante dentário e aparelho ortodôntico: saiba se é possível ter

Descubra quando é possível usar aparelho ortodôntico mesmo tendo um implante dentário, e ainda veja como o tratamento é realizado nesses casos.

Atividade Física Após Implante Dentário: Veja Os Cuidados Necessários

Atividade Física Após Implante Dentário: Veja Os Cuidados Necessários

Realizar atividade física após implante dentário é permitido contanto que você siga as orientações do seu dentista. Saiba mais no artigo!

Implante Ortodôntico: como é feito e quem pode fazer?

Implante Ortodôntico: como é feito e quem pode fazer?

Entre os diversos tratamentos dentários existentes nos dias atuais, sem dúvida, o Implante ortodôntico é um dos mais procurados. Saiba mais!

Diferenciais

Repouso

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Cirúrgica

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

all in one

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

consultórios

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Faça a sua Radiologia Odontológica na região de Águas Claras e Asa Sul

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais