Os dentes tortos normalmente causam grande aflição nas pessoas que desejam ter um sorriso perfeito. A diminuição da autoestima e até mesmo a preocupação excessiva com a boca faz com que muitos tenham o desejo de colocar aparelho ortodôntico.

Contudo, apesar dos problemas estéticos, outras condições mais sérias podem surgir, como as alterações na mordida. Essas mudanças podem causar danos aos dentes entre outras consequências mais graves capazes de afetar a saúde de um indivíduo.

Por essa razão, a correção dos dentes vai muito além do puro objetivo estético. Na verdade, ela faz parte de um tratamento que garante o bem-estar e a longevidade de toda dentição. Abaixo, falaremos mais sobre os 3 tipos de dentes tortos e mencionaremos quais são os problemas de mordida mais frequentes. Acompanhe!

Os tipos de dentes tortos que mais afetam a população

Ao todo, existem três grandes tipos de dentes tortos. Eles são de fácil identificação e, se você apresenta algum tipo desalinhamento nos dentes, é provável que se enquadre em uma dessas categorias. Veja quais são elas.

Dentes encavalados

Os dentes encavalados são aqueles que se apresentam o característico desalinhamento. Na maioria dos casos, esse desalinhamento ocorre nos caninos e nos incisivos superiores (laterais, principalmente).

Eles são extremamente fáceis de ser identificados, mas requerem maior análise para um diagnóstico certeiro no caso de um tratamento.

Dentes apinhados

Os dentes apinhados são aqueles sobrepostos. Eles aparentam estar “um em cima do outro” e em algumas circunstâncias podem estar agrupados. A orientação dos dentes também pode mudar de acordo com o crescimento ou outras variáveis individuais.

Uma das causas para esse problema é a falta de espaço na arcada dentária, lembrando que uma análise clínica mais apurada é necessária para o tratamento de alinhamento.

Dentes para frente

Os dentes para frente são aqueles que apresentam inclinação para “fora da boca”. Este desvio faz com que surjam dificuldades na mastigação e respiração. A estética também fica comprometida e o paciente fica com o aspecto de boca envelhecida.

Assim como nos dois casos anteriores, uma análise mais séria é necessária para um tratamento adequado.

Os tipos de problemas de mordida mais frequentes

Agora que você já sabe quais são os desvios dentários mais comuns, chegou o momento de falar sobre os principais problemas de mordida. Veja quais são eles logo abaixo.

Mordida aberta

A mordida aberta é caracterizada pela falta de contato entre os dentes superiores e inferiores. A principal causa para esse problema é o afastamento da mandíbula em algum lugar do arco oclusal.

Mordida cruzada

A mordida cruzada acontece quando as arcadas se sobrepõem de forma irregular, fazendo com que os dentes superiores não se encaixem perfeitamente com os inferiores.

Mordida classe II ou retrusão dos maxilares

A mordida classe II é caracterizada por uma predisposição genética. Nesse caso, há uma variação na formação da mandíbula, o que interfere na mordida e na estética facial do indivíduo (que costuma apresentar uma face com aspecto convexo).

Os principais tratamentos

Os principais tratamentos para cada um desses problemas é a utilização de um aparelho ortodôntico.

Atualmente, o mercado apresenta inúmeras opções que vão desde aos aparelhos fixos até os modelos invisíveis (também chamados de alinhadores transparentes), que normalmente apresentam maior custo devido à tecnologia embarcada na produção de cada molde.

Vale ressaltar que, durante o tratamento, ainda pode ser incluso o aparelho lingual para manter a correção.

Além desses tipos, ainda existe o aparelho extrabucal, que é aquele em que há uma estrutura para fora da boca do individuo. Seu uso é cada vez menos frequente e normalmente só é indicado para pessoas com dentes que ainda estão em formação.

Normalmente, a maioria das pessoas faz o tratamento com os aparelhos fixos, que estão divididos entre os modelos tradicionais e o autoligado.

É importante destacar que as opções devem ser orientadas pelo dentista de acordo com os tipos de dentes tortos. A colocação indevida de um aparelho ortodôntico pode causar graves problemas para a saúde bucal. Por isso, procure orientação profissional especializada.

Gostou do post sobre os tipos de dentes e de problemas de mordida? Comente abaixo sua opinião sobre o assunto!

Leia também:

Dente Incluso: o que é, causas e riscos para a saúde bucal

Disfunção da Articulação Temporomandibular: saiba o que é e como tratar


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais