O escorbuto é uma doença causada pela deficiência severa de vitamina “C” no organismo. Porém, você sabe identificar como essa condição pode afetar a sua saúde bucal? 

As principais características da enfermidade é a hemorragia nas gengivas e degeneração dental. Hoje em dia, essa doença é rara porém, quando ocorre, é necessário consultar um  especialista para que o tratamento seja iniciado da forma correta e o mais rápido possível.

O que causa o escorbuto?

Escorbuto — O Que É E Como Afeta A Sua Saúde Bucal

O escorbuto é uma doença causada pela falta severa de vitamina C no organismo. A doença atormenta os seres humanos há séculos. Documentos antigos mostram que os egípcios já a conheciam desde 1515 a.C,  porém, foi notável o aumento de casos na Europa durante as grandes navegações, no século XVI. Hoje, a enfermidade é considerada rara, porém ainda existente. 

A vitamina C é uma solução hidrossolúvel e, assim como as demais, é essencial para o funcionamento adequado do nosso organismo. Essa substância atua como importante antioxidante, ajuda a aumentar a absorção de ferro no organismo, prevenindo  a anemia, e também tem papel fundamental na síntese de colágeno — uma proteína relacionada com a resistência dos tecidos conjuntivos — em nosso corpo. 

Quando uma pessoa não possui a quantidade suficiente dessa vitamina, o organismo é prejudicado, desse modo, os problemas com a cicatrização de feridas e prejuízos na sustentação  dos dentes são alguns dos efeitos, por exemplo.

Quais os sintomas e diagnóstico do escorbuto?

Existem alguns sintomas que são mais comuns quando a doença atinge o organismo, entre eles:

— fraqueza;

— dores musculares;

— irritabilidade.

Com o passar do tempo e agravamento da condição, é comum que as seguintes características se façam  presentes também na pessoa infectada:

— hemorragias nas gengivas;

— alterações na pele;

— edema (inchaço causado pelo acúmulo de líquido) nas articulações;

— infecção e outros.

Logo, ao notar qualquer um desses sintomas, é necessário consultar-se com um especialista para a identificação do que pode ser feito. O diagnóstico é feito pela análise dos sintomas e da história de vida do paciente — sua dieta, seus hábitos de vida, costumes alimentares e a sua saúde bucal também, além de exames de sangue, se necessários.

A aplicação de vitamina C pode ser utilizada no tratamento  para que a melhora dos sintomas seja mais imediata. 

Como se prevenir do escorbuto? 

O escorbuto pode ser prevenido mantendo o nível ideal de vitamina C em seu organismo. Para isso, deve-se ter uma alimentação balanceada e que inclua alimentos que contenham essa substância. Entre eles:

— frutas como: laranja, limão, acerola, goiaba e caju;

— vegetais como: brócolis e couve-flor.

Segundo o Ministério da Saúde, “a  quantidade de vitamina C necessária para prevenir a deficiência e suas doenças específicas em humanos, como o escorbuto, é em torno de 90 mg/dia”, quantidade encontrada em 150ml de suco de laranja, por exemplo.

Inflamação na gengiva e a saúde bucal

O escorbuto pode afetar a sua saúde bucal uma vez que causa inflamação na gengiva, podendo afetar as suas estruturas dentais, deixando-as  fracas. Por isso, a visita periódica ao cirurgião dentista, que é o primeiro a detectar inúmeros problemas, é fundamental.

Nos casos de descobrimento do escorbuto, é essencial que o odontologista e o médico atuem de forma conjunta com o profissional da nutrição e assim, será feita uma dieta completa com os nutrientes e alimentos que vão ajudá-lo a melhorar as condições da vitamina C em seu organismo.

Quais doenças podem afetar a gengiva?

Além do escorbuto, muitas outras doenças podem causar inflamações e infecção na gengiva. Entre elas:

gengivite: uma inflamação da gengiva, que pode comprometer um ou mais dentes e pode ser causada pela presença de placa bacteriana aderida à superfície dentária;

periodontite: infecção bacteriana dos tecidos periodontais, ligamentos e ossos específicos, que envolvem e sustentam os dentes;

— endocardite bacteriana: condição infecciosa que afeta o endocárdio, que é o revestimento interno do coração. A patologia é bastante grave e, se não for devidamente tratada, pode levar até mesmo à morte. Apesar de ocorrer no coração, essa patologia normalmente se inicia com  as doenças que afetam a  gengiva e os  tecidos que sustentam os dentes.

Por que é importante ir ao dentista com periodicidade?

A consulta ao dentista é fundamental e, por muitas vezes, o profissional não é tão visitado pelos pacientes quanto os outros médicos. Isso ocorre porque as pessoas acreditam que os tratamentos devem ser  feitos pontualmente quando identificados, ou seja, quando sentem algum sintoma mais expressivo, como a dor de dente, porém  é necessário sempre voltar ao profissional para garantir que a saúde bucal não seja afetada.

Além disso, o sangramento gengival e as inflamações dos tecidos bucais em geral são características de diversas doenças que afetam os dentes. Logo, identificar o que pode causar esse tipo de condição é fundamental para diagnosticar a doença.

Por muitas vezes, acreditamos que as doenças que afetam o restante do corpo, podem não afetar a saúde bucal. Esse é um erro comum, mas agora você já sabe que algumas condições acabam interferindo no seu sorriso e  na sua saúde gengival.

Gostou de saber mais sobre o escorbuto? Confira também o nosso artigo sobre as doenças que afetam a língua e podem prejudicar os seus dentes para se prevenir e garantir que seu bem-estar e sorriso não sejam afetados.


Deixe uma resposta

Os melhores dentistas de Águas Claras, Asa Sul e Brasília

Leia Também!

Profilaxia Dentária: tire suas dúvidas sobre essa limpeza!

Profilaxia Dentária: tire suas dúvidas sobre essa limpeza!

O tratamento para a gengivite pode ser a solução para um possível mau hálito. Por isso, as consultas frequentes ao dentista são tão importantes para todos.

Entenda a relação entre gengivite e periodontite e como se prevenir

Entenda a relação entre gengivite e periodontite e como se prevenir

A gengivite e a periodontite são dois processos inflamatórios que afetam os tecidos que sustentam os dentes. Saiba mais sobre cada uma delas!

Dente de fumante: quais os impactos da nicotina na saúde bucal?

Dente de fumante: quais os impactos da nicotina na saúde bucal?

Mais de sete milhões de brasileiros ainda fumam. Entenda como esse hábito prejudica o seu sorriso, acessando, agora mesmo, nosso blog post!

Diferenciais

Repouso

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Cirúrgica

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

all in one

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

consultórios

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Faça a sua Radiologia Odontológica na região de Águas Claras e Asa Sul

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais