Você já parou para imaginar o tanto de problemas que podem estar por trás da sua dor de dente? Cáries dentárias, infecções, doenças periodontais, fraturas, problemas na gengiva e na raiz do dente, hipersensibilidade e bruxismo estão entre os principais motivos que podem causar a sua dor de dente.

Embora seja um problema bucal muito presente na infância, jovens e adultos comumente visitam o consultório odontológico relatando as incômodas dores. Seja por um problema momentâneo ou crônico, a dor de dente deve ser considerada um caso de urgência.

Por isso, você precisa consultar o seu dentista o quanto antes para que ele investigue a causa. É importante ainda ressaltar que a automedicação pode ser perigosa.

Acompanhe neste artigo quais tipos de doenças bucais podem estar causando a sua dor de dente, como evitar que ela apareça, em que momento você deve procurar o seu dentista e quais as formas de tratamento mais comuns.

Quais as principais causas da dor de dente?

Entre as principais causas da dor de dente, que levam pacientes aos consultórios, estão cárie dentária, infecções, doenças periodontais, fraturas, problemas na gengiva e na raiz do dente. Além disso, a dor de dente por surgir quando o paciente apresenta hipersensibilidade nos dentes e bruxismo.

Dentre outras causas comuns que causam a dor de dente, estão a retração gengival, traumatismos dentários, os indesejáveis sisos ou até mesmo o envelhecimento precoce (desgaste) do dente. 

Leia também: Por que algumas pessoas não têm o dente do siso? Entenda

Há ainda aqueles casos em que a dor de dente responde a algum tipo de estímulo. Entre esses estímulos podemos citar, por exemplo, o consumo de alimentos e bebidas quentes ou frios. Até mesmo uma sinusite, que leva ao acúmulo de secreção nas vias aéreas, pode fazer pressão nas terminações nervosa dos dentes próximos e provocar uma dor difusa.

Como evitar a dor de dente?

Boas práticas de higiene bucal previnem a dor de dente. Entre elas, estão:

  • Caprichar na limpeza dos dentes;
  • Usar escova de cerdas macias;
  • Usar fio dental;
  • Fazer a limpeza da língua;
  • Fazer uso do enxaguante bucal sem álcool;
  • Ter uma dieta equilibrada, evitando alimentos ácidos;
  • Deixar de fumar;
  • Dosar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Visitar regularmente o dentista.

Como você pode perceber, a melhor forma de prevenir doenças e a dor de dente é manter uma boa higiene bucal e fazer um check-up regular visitando o seu dentista. A prevenção continua sendo o melhor remédio para todos os tipos de problemas e a saúde bucal não fica de fora.

O que fazer quando a dor de dente aparece?

Quando os primeiros sinais de dor de dente aparecem, a primeira coisa que você deve fazer é procurar o seu dentista. O problema é considerado, em princípio, como caso de urgência, tendo em vista a diversidade de doenças que podem estar relacionadas.

Desse modo, evite mascarar o sintoma tomando medicamentos por conta própria e procure imediatamente um consultório odontológico. Vale lembrar que o diagnóstico precoce pode evitar que problemas mais graves venham a surgir.

Quais os tratamentos para dor de dente?

O tratamento para a sua dor de dente vai depender da avaliação e do diagnóstico do seu dentista. Como aprendemos, a dor de dente é um sintoma comum entre muitas doenças bucais. Por isso, somente um profissional pode identificar e indicar o melhor tratamento.

Nos casos em que o paciente sofre de uma cárie dentária e problemas na obturação, por exemplo, o tratamento mais comum é a restauração do dente. Nas hipóteses de exposição da raiz do dente, o seu dentista pode aplicar flúor, laser ou cobrir o local exposto.

Remédios para dor, anti-inflamatórios ou outros medicamentos podem até ajudar a controlar a dor e a inflamação de forma temporária, mas isso não exclui a avaliação de um profissional capacitado para indicar o melhor tratamento.

Marque sua consulta!

Sente muita dor de dente e ela não passa por nada? Então, agende agora mesmo uma consulta na Clínica Ianara Pinho. A clínica fica localizada no Distrito Federal e conta com um centro de radiologia integrado atendendo a praticamente todos os tipos de exames e tratamentos. Todos os procedimentos são feitos na clínica, sem a necessidade de ir a outros espaços.

AGENDAR CONSULTA!

Leia também: Queimadura no céu da boca: saiba o que fazer e quais cuidados devem ser tomados


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais