O rosto é a primeira parte do nosso corpo que é apresentada ao mundo e, por isso, é comum que as pessoas tenham cuidados estéticos especiais com essa região. Muitas vezes, alterações ou defeitos faciais (como a assimetria facial) fazem com que as pessoas se sintam incomodadas, com baixa autoestima e até queiram esconder parte da face.

Você sente que um lado do seu rosto é diferente do outro? Então, pode ser que você apresente a assimetria facial.

Acompanhe o texto para saber mais sobre o assunto, suas causas e como reduzir o problema!

O que significa ter assimetria facial (Assimetria do rosto) e quais as consequências?

De maneira geral, podemos dizer que praticamente todas as pessoas apresentam alguma assimetria facial, pois é muito rara a condição de simetria perfeita entre os dois lados do rosto. O que acontece é que, em alguns casos, essa diferença é mais notável, o que pode gerar forte incômodo.

A diferença entre os lados pode estar no nariz, boca, bochechas ou outras estruturas da face.

Em grande parte das vezes, nenhuma intervenção é necessária, mas, casos mais acentuados podem requerer algum tipo de tratamento.

De acordo com o grau de assimetria e a estrutura que é assimétrica, o problema pode ter diferentes impactos.

Em alguns casos, a questão estética é o que mais incomoda a pessoa.

Em outros, o problema pode prejudicar a qualidade da respiração ou atrapalhar outras funções importantes.

Quais as causas de um rosto assimétrico (assimetria da face)?

Existem diferentes causas para a assimetria facial. Ela pode ser congênita, isto é, presente desde o nascimento, traumática ou patológica. Listamos os principais fatores causais do problema.

Mastigação unilateral

Ocorre quando a pessoa tem o hábito de sempre mastigar com o mesmo lado da boca. Aos poucos, o crescimento desse lado da mandíbula vai sendo estimulado, pois a mastigação exige contração muscular.

Pode afetar também a altura dos olhos e desequilibrar a articulação temporomandibular (ATM). Normalmente, a diferença é melhor percebida quando a pessoa sorri.

Disfunções respiratórias

Algumas disfunções respiratórias podem levar à assimetria facial, como: desvio de septo nasal, rinite, sinusite, bronquite e obstrução nasal.

Essas condições levam a pessoa a respirar mais pela boca, de maneira que possa causar desequilíbrios na posição da língua e da cabeça, que fica projetada para frente.

Algumas outras causas da assimetria facial são:

  • traumas: qualquer trauma ou acidente que atinja o rosto pode causar assimetria facial;
  • patologias: abcessos, tumores faciais e outras condições patológicas que causam diferenças entre os lados da face;
  • assimetrias congênitas: pessoas que já nascem com uma das pálpebras mais caída, oclusão dos dentes, diferença de abertura dos olhos, microssomia hemifacial, entre outros.

Como corrigir assimetria do rosto? Conheça os tratamentos para assimetria facial!

A boa notícia é que, independentemente do grau da assimetria, existem várias maneiras de reduzi-la. Listamos, a seguir, as principais formas de tratamento.

1 – Aparelhos ortodônticos para assimetria facial

Sim, aparelho corrige assimetria! A Odontologia é uma das grandes aliadas no tratamento das assimetrias faciais, pois, em grande parte das vezes, o problema tem relação com alterações bucais ou dentárias. O aparelho ortodôntico é indicado para a correção de assimetrias dentoalveolares.

Ele pode também ser usado em combinação com a cirurgia ortognática — intervenção que visa restabelecer um padrão facial normal. Essa combinação pode ser usada para diversos tipos de assimetria facial. O uso de aparelho ortodôntico possui fins estéticos e funcionais no tratamento da assimetria.

2 – Bichectomia

A bichectomia é um procedimento cirúrgico de retirada parcial da bola de Bichat, que é um tecido gorduroso que fica localizado abaixo da bochecha. A intervenção é feita pelo profissional odontólogo.

Esse tecido gorduroso não oferece energia para o corpo, portanto, ele não diminui com o emagrecimento.

O procedimento pode ser usado como tratamento para a assimetria facial quando o que causa a diferença entre os lados da face é justamente a “gordura das bochechas”. Nesse caso, é possível retirar o excesso do lado que é maior.

Saiba mais em:

Bichectomia: entenda o que é, como funciona e para quem é indicado

3 – Fonoaudiologia estética

A fonoaudiologia estética ou estética facial é uma técnica realizada pelo profissional fonoaudiólogo com o objetivo de trabalhar a musculatura facial. Inclui exercícios diários a fim de fortalecer músculos específicos da face.

A prática pode ajudar na redução da assimetria facial, pois reequilibra as funções de mastigação e respiração, que estão muito relacionadas com o aparecimento do problema. Além disso, a estética facial ajuda também na melhoria da fala, reduz linhas de expressão e traz maior equilíbrio para todas as funções orofaciais.

4 – Botox

A toxina botulínica ou botox é a substância produzida pela bactéria Clostridium botulinum. Ela é usada em procedimentos estéticos em pequenas quantidades para promover a paralisia controlado de músculos específicos da face.

A técnica pode ser usada para o tratamento da assimetria facial em casos de pacientes que possuem um olho mais aberto que o outro, pacientes que precisam de correção do contorno da mandíbula, pacientes com um lado do rosto “mais contraído que o outro”.

Existe também o botox odontológico, que pode ser usado para correção do sorriso gengival e outras assimetrias relacionados aos dentes e à boca.

Saiba mais em:

Botox Terapêutico: o que é, benefícios e como é feito na Odontologia

5 – Maquiagem

Algumas técnicas de maquiagem podem ajudar a disfarçar a assimetria, mas não tratam o problema de forma permanente. Pode ser uma boa alternativa em caso de assimetrias faciais mais suaves ou antes de uma correção definitiva. Para tal, aplica-se sombreamento e pontos de luz em áreas específicas do rosto para esconder as regiões de desequilíbrio.

6 – Outras intervenções cirúrgicas para assimetria facial

Existem, ainda, outras intervenções cirúrgicas que podem ser utilizadas no tratamento da assimetria facial, de acordo com a causa do problema. Alguns exemplos de cirurgias que podem ser feitas são:

  • rinoplastia: cirurgias no nariz para correções estéticas e funcionais, como no caso de reparação do desvio de septo;
  • blefaroplastia: cirurgia nas pálpebras com o intuito de remover a pele enrugada e eliminar bolsas de gordura;
  • cirurgia ortognática: citamos anteriormente no texto.

Corrigir a assimetria facial pode ser um passo importante no bem-estar e autoestima dos pacientes que apresentam o problema. Sendo assim, vale a pena investigar a causa da assimetria para encontrar o melhor tratamento disponível.

Mas, para isso, é preciso escolher cautelosamente um profissional de saúde qualificado, para que a correção seja feita de maneira adequada e os resultados sejam satisfatórios.

E aí, gostou do texto de hoje? Quer continuar lendo e se informais mais sobre outros assuntos? Então continue no site e leia nosso texto sobre cálculo dental!

Leia também: Estética Orofacial: o que é, indicações e tratamentos disponíveis.


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais