O clareamento dental é uma técnica indicada para quem deseja ter dentes mais brancos. Para isso, são utilizadas substâncias específicas que agem em uma camada intermediária do dente, chamada dentina, com o intuito de modificar seu pigmento e, consequentemente, a sua cor.

Os procedimentos estéticos se desenvolveram ao longo dos anos, o que permitiu que tratamentos odontológicos como esse se aprimorassem. E prova disso é que, nos últimos três anos, a Sociedade Brasileira de Odontologia Estética constatou um crescimento no mercado de aproximadamente 300%.

Como a procura está aumentando cada vez mais, preparamos este artigo especial para explicar o que você precisa saber sobre esse tratamento. Continue lendo para entender melhor como funciona o clareamento dental, quais são os seus tipos, suas vantagens e desvantagens, entre outras informações.

Como funciona o clareamento dental?

O clareamento dental consiste na aplicação de produtos sobre os dentes para alcançar uma tonalidade mais clara. Geralmente utiliza-se peróxido de hidrogênio ou de carbamida, substâncias que atuam sobre os pigmentos acumulados na dentina e também agem sobre ela, alterando sua cor e o modo como reflete a luz.

Qualquer um que deseje realizar o clareamento dental deve consultar um dentista, já que técnicas caseiras não são seguras, não alcançam os resultados desejados e muitas vezes causam danos ao esmalte dentário. Afinal, é preciso que o especialista avalie a saúde bucal e características de cada pessoa para definir a melhor tonalidade e a técnica ideal.

No consultório, o dentista fará essa avaliação inicial, além de realizar uma limpeza completa nos dentes com o intuito de observar qual é a cor real do esmalte. Também fará perguntas para saber se a pessoa tem alguma queixa ou apresenta sintomas de sensibilidade.

Depois desse primeiro contato, o profissional utilizará uma escala de cor e perguntará para o paciente qual é seu objetivo e o grau de clareamento desejado. Essa conversa é essencial, porque a técnica deixa os dentes mais claros, não necessariamente brancos, por isso, o resultado é diferente para cada um de acordo com o tom natural da dentição.

Também é importante lembrar que esse tratamento funciona apenas para dentes naturais, não promovendo nenhum efeito em restaurações ou implantes. Sendo assim, se a pessoa tiver realizado tratamentos como esses, haverá diferença de tonalidade.

Quais são os tipos de clareamento?

Após definir a tonalidade ideal, paciente e profissional escolhem o tipo de tratamento mais adequado, seja em função das necessidades ou da rotina da pessoa. Isso porque existem dois meios de realizar o clareamento dentário, sendo em casa e/oud no consultório, como explicamos a seguir.

Clareamento dental caseiro

O clareamento dental caseiro, diferente do que pode parecer, não é menos eficaz ou inferior em relação ao realizado em consultório. Apesar disso, esse método também requer o acompanhamento de um profissional experiente e capacitado. Isso porque no tratamento realizado de forma caseira, o dentista verifica a condição dos dentes do paciente e cria uma moldeira personalizada para ele, que reproduz fielmente as características da dentição, em seus relevos, tamanho e o formato exato de cada dente.

O tratamento em si consiste em administrar uma quantidade adequada de gel clareador específico nessa moldeira e colocá-la na boca durante algumas horas todos os dias. Assim, a substância penetra o esmalte e clareia os dentes. O profissional definirá o tempo mais adequado de uso diário da moldeira, com base na necessidade do paciente e nos resultados esperados. É fundamental seguir à risca as recomendações e instruções dele para tudo transcorrer como planejado.

Clareamento dental de consultório

O clareamento dentário feito no consultório funciona de forma semelhante ao caseiro. Porém, a concentração do produto clareador é maior, então, essa técnica proporciona um resultado mais rápido, mas com a mesma eficácia. Esse tipo de clareamento é realizado em sessões que iniciam com o preparo da gengiva e o esmalte. O dentista isola o tecido gengival para evitar irritações, aplica um gel que previne a sensibilidade dos dentes e, em seguida, o produto clareador.

Para potencializar a ação dele, o dentista pode usar um laser. Esse procedimento pode causar um desconforto um pouco maior, mas os resultados costumam aparecer antes e o efeito também é muito positivo.

Técnicas combinadas

Muitas vezes, o dentista recomenda ao paciente realizar as duas técnicas de forma conjunta, potencializando os efeitos e reduzindo possíveis desconfortos. Nesse caso, o tratamento é iniciado com a aplicação da substância em consultório e termina com o paciente utilizando a moldeira em sua casa.

Quais são as vantagens do clareamento dental?

O clareamento dental é uma alternativa eficiente aos que estão insatisfeitos com sua aparência e desejam tornar os dentes mais vistosos e brancos. Esse é um tratamento acessível e que atende diferentes expectativas, com a vantagem principal de não ser invasivo.

Com o passar do tempo, é natural que a dentição fique amarelada ou escurecida em função de pigmentos e do processo de envelhecimento. Isso apaga o sorriso e deixa um aspecto de descuido, então, o clareamento ajuda a recuperar a aparência dos dentes, renovando sua cor e fazendo com que pareçam mais saudáveis e rejuvenescidos.

É um procedimento com finalidade estética que visa trazer satisfação para a pessoa com sua própria imagem. Em alguns casos, é essencial para que a aparência se torne mais agradável, contribuindo para melhores relações interpessoais e uma autoestima elevada.

Outro ponto positivo é a possibilidade de escolher a técnica de acordo com seu tempo disponível ou a agilidade que deseja para as mudanças. Aqueles que esperam um resultado rápido devem optar pelo procedimento em consultório. Por outro lado, a técnica caseira é eficaz, confortável, prática e tem um valor reduzido.

Leia também:

Clareamento Dental Antes e Depois: o que esperar dos resultados?

Existem desvantagens nesse procedimento?

Muitas vezes, o clareamento dental é comparado às lentes de contato dentais, procedimento parecido e que está em evidência no Brasil e no mundo, tornando-se queridinho de diversas estrelas e personalidades da mídia. Dessa forma, em comparação às lentes, o clareamento dental é menos eficaz por não ser capaz de corrigir pequenos defeitos que podem existir na dentição do paciente, como diferenças de tamanho e assimetrias.

Além disso, o clareamento não é definitivo, porque os dentes podem ficar amarelados outra vez em função de pigmentos da alimentação, do processo de envelhecimento e também do cigarro. Sendo assim, ele precisa ser repetido depois de algum tempo para manter os resultados.

Outro ponto que exige atenção é quanto à sensibilidade que pode causar. É natural que os dentes fiquem um pouco mais sensíveis do que geralmente são, efeito que varia de pessoa para pessoa. Daí a importância de contar com um bom profissional para evitar essa reação.

Como conservar o clareamento dental por mais tempo?

Os resultados do clareamento dental são muito positivos e duráveis, mas é necessário seguir algumas recomendações que evitam o escurecimento dos dentes. É importante, por exemplo, reduzir o consumo de produtos que contenham corantes como suco de uva, vinho e café.

Aliás, uma boa higienização é indispensável para manter os resultados do clareamento dental por mais tempo. Além de evitar o cigarro, porque as toxinas dele tendem a amarelar os dentes mais rápido. Já as visitas ao dentista devem ser mantidas para que seja feita a limpeza de consultório a fim de eliminar resíduos superficiais.

Dúvidas comuns e perguntas frequentes sobre clareamento dental

Como tem ficado cada vez mais em evidência, o clareamento dental desperta muitas dúvidas, mas é preciso esclarecer todas elas para realizar o procedimento de forma consciente e segura, a fim de alcançar bons resultados e preservar a saúde bucal. A seguir listamos algumas questões muito recorrentes para que você entenda melhor esse procedimento.

Clareamento dental dói?

Esse tratamento não é invasivo, por isso, o paciente não sente dores enquanto está realizando o clareamento dental.

É verdade que os dentes ficam mais fracos?

O produto clareador atua sobre o pigmento dos dentes sem afetar a sua estrutura. Isso significa que ele provoca alteração de cor, mas não causa desmineralização. Portanto, os dentes não ficam fracos.

Quais pacientes podem ter restrições?

Pessoas que têm sensibilidade dentinária muito expressiva podem não ser boas candidatas para o clareamento dental, devido à possibilidade de intensificar o problema. Também não é indicado para pacientes oncológicos, menores de 16 anos e gestantes.

Quando é preciso refazer o clareamento?

Os resultados do clareamento dental duram cerca de 2 anos, porém, esse tempo pode variar para cada pessoa em função do cuidado que ela tem com a sua dentição. Sendo assim, para saber ao certo quando refazer o tratamento, o ideal é consultar um dentista.

Quais alimentos não são recomendados durante o tratamento?

Enquanto estiver fazendo clareamento dental e mesmo após a finalização dele, é importante evitar os alimentos ricos em corantes, sejam naturais ou artificiais, como café, vinho, açaí, beterraba, refrescos em pó, gelatinas e outros. Não é necessário cortar da sua dieta nenhum desses alimentos, porém para resultados mais duradouros, é aconselhável diminuir o consumo destes. Durante o tratamento também é interessante evitar alimentos e bebidas ácidos como refrigerantes e frutas cítricas.

Quais são os problemas causados por um clareamento sem supervisão?

Adotar técnicas e receitas caseiras ou adquirir kit de clareamento que são vendidos livremente sem supervisão de um especialista são atitudes que apresentam diversos riscos para os dentes e a saúde bucal de um modo geral, como:

  • queimaduras;
  • irritação das mucosas bucais;
  • resultados contrários (formação de manchas);
  • desgaste do esmalte;
  • intoxicação;
  • sensibilidade;
  • retração gengival.

Por isso, antes de optar por qualquer tratamento, lembre-se sempre de consultar um dentista e peça para ele ajudá-lo a encontrar o procedimento que melhor atenda às suas expectativas e necessidades.

Quer esclarecer dúvidas com um especialista no assunto? Então veja o vídeo abaixo em que a doutora Ianara Pinho explica um pouco mais sobre o clareamento dental!

Quanto custa, qual o preço e valor de um Clareamento dental?

Para saber os preços e valores de um clareamento dental você precisará entrar em contato conosco e agendar uma consulta de avaliação, uma vez que, conforme dito anteriormente, é preciso avaliar o seu caso para poder informar os valores do serviço. Além disso, o Conselho Regional de Odontologia do DF não permite a divulgação de preços no site.

Deseja também entender melhor como o clareamento dental é feito e se é indicado para você? Para isso, entre em contato conosco para conversar com nossos especialistas e fazer uma visita à Clínica!

Leia também:

Pós do clareamento dental: conheça 7 efeitos comuns

Pensando em fazer clareamento dental? Veja o que você precisa saber antes


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais