Realizar consultas de check-up, incluindo o check-up odontológico, é a melhor maneira de se prevenir contra doenças ou alterações silenciosas. 

Muitas pessoas só vão ao dentista quando algo as incomoda – uma dor no dente, sensibilidade exagerada, dentes amarelados. O problema é que muitas das complicações tratadas pelos odontólogos são assintomáticas no início, ou seja, só manifestam sintomas quando a situação já está avançada. 

Nesse sentido, muitos tratamentos, procedimentos de emergência e cirurgias poderiam ser facilmente contornados com medidas menos invasivas, caso os pacientes fizessem check-ups periódicos.

Neste artigo vamos te explicar mais sobre como funciona o check-up odontológico, como é realizado e quando se deve fazê-lo. 

Como é realizado?

O check-up odontológico é um procedimento simples, realizado pelo dentista com instrumentos convencionais ou até mesmo recursos tecnológicos como câmera intraoral. De todo modo, o objetivo é avaliar com precisão as condições dos dentes, gengiva e demais estruturas da boca.

Para isso, pode ser necessário que, além da avaliação feita no consultório, o dentista solicite exames adicionais como radiografias para se certificar de que não existem cáries e outros problemas escondidos entre os dentes (difícil de serem observados apenas clinicamente). 

O procedimento padrão é conversar com o paciente antes de examiná-lo para entender melhor o histórico, se existe alguma queixa ou fator de risco. Após a conversa, a avaliação é feita na cadeira odontológica.

Normalmente o odontólogo utiliza apenas um espelho e uma sonda exploradora (uma espécie de gancho metálico utilizado para procurar cáries) para inspecionar a cavidade bucal do paciente, podendo haver como recurso adicional, a câmera intraoral.

O que o dentista analisa?

Nas consultas de check-up os aspectos mais comumente avaliados pelos dentistas são: má oclusão (quando não há um encaixe correto entre as arcadas dentárias), cáries e doença periodontal.

Patologias mais graves, como câncer bucal, também podem ser identificados por um dentista nas consultas de check-up odontológico. Caso o profissional identifique lesões na mucosa oral que levantem a suspeita, ele encaminhará o paciente para os exames necessários. 

Procedimentos preventivos para a saúde bucal 

Na maioria das consultas de check-up é necessário realizar, no mínimo, os procedimentos profiláticos para higienizar os dentes e prevenir contra cáries. 

Os procedimentos de profilaxia dentária podem ser divididos em quatro etapas.

Tartarectomia

A tartarectomia é a primeira etapa da higienização e consiste na remoção dos tártaros (biofilme bacteriano mineralizado devido à má higienização bucal). 

Caso escova e fio dental não sejam suficientes para remover o biofilme, o dentista poderá utilizar um aparelho de ultrassom ou fazer a raspagem manual com uso de curetas para removê-lo. 

Jateamento

Após a remoção do tártaro é possível utilizar um jato de bicarbonato de sódio para auxiliar na remoção do biofilme ou placa bacteriana. Além disso, o bicarbonato favorece o polimento e proteção dos dentes.

Escovação completa ou profilaxia

Caso necessário, o dentista realizará uma escovação com uma espécie de escova elétrica profissional e pasta de dente específica para esse tipo de procedimento. 

Flúor

A aplicação do flúor é a última parte da higienização e prevenção profilática normalmente realizadas nas consultas de check-up e é aplicado caso o dentista identifique que o paciente tem alto risco à cárie.

O flúor tem propriedades capazes de fortificar os dentes com processos de remineralização (reposição de cálcio e fósforo para manter os dentes resistentes aos ácidos bucais) e previne contra cáries. 

Quando fazer o check-up odontológico?

“Já que não preciso esperar para ir ao dentista só quando sinto dor ou algum incômodo, quando devo marcar um check-up?” 

A recomendação profissional é ir ao dentista em média de 6 em 6 meses ou período inferior, caso essa seja a indicação. Essa é a frequência mais indicada para prevenção de qualquer patologia que possa surgir. Caso não seja possível, a recomendação mínima é de ao menos uma vez por ano.

 

Deu para entender como o check-up odontológico é importante e simples? 

CLIQUE AQUI para marcar a sua consulta e garantir que sua saúde bucal fique em dia!

Leia também

Conheça as principais causas da perda de dentes e como prevenir

Tratamento de Canal: o que é e quando é indicado?

Saiba os problemas causados pelos dentes desalinhados e como tratar

Dor de dente: o que pode ser?


Deixe uma resposta


Leia Também

Clareamento ou lente de contato: qual é a melhor opção?

Você está na dúvida entre o clareamento ou lente de contato dental? Leia o artigo e saiba quando é indicado cada um desses tratamentos.

Mancha no dente pode ser Cárie? Saiba identificar

Mancha no dente pode ser cárie? Manchas escuras podem significar desde pequenos problemas até problemas mais graves. Leia mais!

Como usar Fio Dental corretamente? Dentista explica o passo a passo

O fio dental é um recurso de limpeza dos dentes essencial ao processo de higiene bucal, mas muita gente negligencia o seu uso. Saiba mais!

Diferenciais

Sala de Repouso

Descanso pós-cirúrgico com acompanhamento do especialista.

Sala Cirúrgica para Sedação

Centro Cirúrgico Completo e habilitado para sedação inalatória, medicamentosa e endovenosa.

Brinquedoteca

Ambiente preparado para seu filho(a) enquanto você realiza seu tratamento.

Recepção Ampla

Recepção ampla com espaço para os adultos e crianças!

All in one

Oferecemos uma variedade de exames de radiologia sem a necessidade de deslocamento.

9 Consultórios

9 consultórios equipados com a melhor tecnologia e mais de 20 profissionais.

Radiologia Integrada

Todo o seu tratamento odontológico em um só lugar, desde a consulta ao exame radiológico.

Diferenciais